Rafa Brites chora ao criticar veto a distribuição gratuita de absorventes

Apresentadora publicou vídeo no Instagram demonstrando indignação com a decisão do presidente

Reprodução/Instagram
Rafa Brites em vídeo publicado no Instagram (foto: Reprodução/Instagram)
Nesta quinta-feira (7/10), a apresentadora Rafa Brites publicou um vídeo demonstrando sua indignação com a notícia de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetou a distribuição gratuita de absorventes para mulheres de baixa renda.


"Eu sei que viver no Brasil não é fácil. Mas tem dias que, realmente, a gente acorda sem esperança. Depois do tanto que a gente lutou, o projeto de lei que visava distribuir absorventes para mulheres pobres --que passou na Câmara e no Senado--, esse crápula desse presidente hoje vetou", iniciou.

"A gente não pode deixar isso passar. Isso representa muito para as mulheres. Isso é sério. É saúde pública. Quando mais da metade de um país menstrua, e muitas mulheres, 6 milhões de mulheres, não têm acesso ao absorvente, elas colocam miolo de pão, jornal ou um tecido qualquer. Existe evasão escolar. Uma em cada quatro meninas deixa de ir para a escola quando está menstruada porque ela não tem dinheiro para comprar um absorvente, que é algo muito caro", desabafou Brites .

Chorando, Rafa ainda pediu a seus seguidores que se posicionassem contra o veto do presidente. "Se isso não é de interesse de todo um país, não só das mulheres, mas de todo um país, realmente, não sei mais o que esse governo quer. A gente precisa mobilizar as redes sociais, compartilhar essa notícia e derrubar esse veto desse projeto de lei tão especial para todas as mulheres, de todas as idades", refletiu.

"A gente não vai deixar isso passar. Não vamos deixar esse cafajeste, esse misógino fazer isso com esse projeto de lei, que já foi aprovado pela Câmara e pelo Senado", concluiu ela.

O presidente sancionou, nesta semana, a criação do Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual , mas vetou a distribuição gratuita de absorventes femininos para estudantes de baixa renda e mulheres em situação de rua.

Confira o vídeo, abaixo:
Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: