Projeto da organização Médicos sem fronteiras traz cultura e informação a Belo Horizonte

Teatro, dança, contação de histórias, exposições e seminários estão na programação

por Ana Clara Brant 10/08/2018 08:24

Quando se fala em Médicos sem fronteiras logo vem à cabeça a música Everybody hurts (Todo mundo se machuca), do R.E.M, que faz parte do filme institucional que a toda hora é exibido na televisão. Mas o que muita gente não sabe é que o MSF, como é conhecido, vai muito além de ser uma das organizações internacionais de ajuda humanitária mais respeitadas do planeta.

MSF/Divulgcação
Exposição Conexões está em cartaz no Shopping Cidade até o dia 22 (foto: MSF/Divulgcação)
 

Desde 2016, o Médico sem fronteiras promove no Brasil - onde chegou há 12 anos - um projeto que procura se aproximar mais do público e informar sobre o seu trabalho através do entretenimento. É o Conexões MSF, que desde quarta-feira está acontecendo pela primeira vez em Belo Horizonte e trouxe para a capital mineira exposições, filmes, debates, teatro, seminários e contação de histórias. Gabriel Naumann, coordenador de projetos especiais do MSF Brasil, conta que o evento já está em sua sétima edição. Ela explica que, como boa parte das ações da organização são mais focadas no digital, a intenção era fazer algo offline e presencial. "A ideia era chegar nas pessoas de qualquer idade com informação, mas de uma forma lúdica e com cultura. É uma maneira mais atrativa de conhecer o nosso trabalho", ressalta.


Uma das atrações de Conexões MSF é o encontro promovido com o público interessado em rabalhar com MSF. Serão duas oportunidades para mostrar as oportunidades de atuação na rganização e de interação com profissionais de MSF que estiveram em campo. Os encontros contecerão nesta sexta (10) às 14h na UFMG e às 19h30 na no Teatro do Pátio Savassi. Para participar,  necessário efetuar a inscrição pelo site.

Abrapalavra/Divulgação
No sábado 911), haverá sessão de contação de histórias com o pessoal do Instituto Cultural Abrapalavra (foto: Abrapalavra/Divulgação)
 

No sábado, a programação traz no Shopping Del Rey uma sessão de contação de histórias com o pessoal do Instituto Cultural Abrapalavra. De uma maneira recreativa e leve, os contadores irão abordar belas histórias de solidariedade pelo mundo. O Conexões ainda se propõe a levar para as regiões visitadas uma intervenção artística duradoura para manter viva a lembrança da ajuda humanitária. A partir de relatos de profissionais de MSF sobre suas experiências em diversas situações, artistas convidados representam com sua arte o que interpretam dos textos. Em BH, a produção deste Diário de Arte coube à artista mineira Criola, que traz à luz as violências sofridas pelas mulheres refugiadas. A entrega da obra está prevista para o dia 22 ainda em local a ser definido.


Apesar do Conexões MSF encerrar suas atividades amanhã (11), continuam em cartaz até o dia 22, duas exposições gratuitas sobre o trabalho de ajuda humanitária internacional em zonas de conflito, assentamentos de refugiados, entre outras regiões em crise. Pessoas em movimento - que está no Pátio Savassi - é um labirinto cujos caminhos ilustram as dificuldades extremas enfrentadas por milhões de refugiados em vários países. "Os visitantes também são convidados a vivenciarem a experiência de um refugiado por meio de óculos de realidade virtual", pontua Gabriel.


Já Conexões, em cartaz no piso GG do Shopping Cidade, conta com 72 imagens que sintetizam o trabalho do MSF. Há registros feitos em mais de 20 países, incluindo Brasil, Afeganistão, Haiti, Iêmen, República Centro- Africana e Síria. Algumas imagens são interativas e colocam pessoas atendidas pelo MSF em evidência quando o visitante utiliza óculos infravermelhos. "A arte ajuda não só a divulgar, mas a compreender essas situações. Em geral, todas as vezes que levamos o Conexões MSF, a resposta do público é muito boa. E isso é muito importante para prosseguirmos com o nosso trabalho", frisa.

CONEXÕES MSF

Contação de histórias com Instituto Cultural Abrapalavra. Sábado, a partir das 16h, no Shopping Del Rey (Av. Presidente Carlos Luz, 3.001, Pampulha)

Exposição Pessoas em movimento. De segunda a sábado, das 10h às 22h e, aos domingos e feriados das 14h às 20h, próximo à entrada do Teatro do Pátio Savassi (Av. do Contorno, 6.061, Savassi)

Exposição Conexões. De segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados das 10h às 16h, no piso GG do Shopping Cidade (Rua dos Tupis, 337, Centro)

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE E-MAIS