James Franco é acusado de assédio após vencer prêmio no Globo de Ouro

Duas atrizes relataram nas redes sociais os abusos sofridos pelo eleito melhor ator em comédia ou musical por 'Artista do desastre'

por Estado de Minas 08/01/2018 15:03

VALERIE MACON
De terno preto e com um pin da campanha, James Franco foi um dos apoiadores do movimento contra o abuso sexual, Time's Up (foto: VALERIE MACON)
O ator James Franco foi acusado de assédio sexual, após ser premiado no Globo de Ouro como melhor ator em comédia ou musical pelo seu personagem em Artista do Desastre. 

 

A atriz Ally Sheedy, conhecida por Clube dos Cinco, questionou em seu Twitter a presença do ator na premiação: "Por que James Franco foi permitido? Disse demais", escreveu ela. "Nunca me perguntem por qual motivo deixei a TV e os filmes", disse após o ator garantir seu prêmio. 

 

Franco foi um dos apoiadores do movimento Time's Up, em que o traje preto marcou o tapete vermelho do evento em protesto contra o abuso sexual em Hollywood e na indústria do entretenimento em geral. O ator usava terno preto e um pin com o nome da campanha. 

 

Indignadas, outras atrizes também relataram sobre o assédio que sofreram de Franco. Violet Paley contou, no Twitter, que ele empurrou sua cabeça em direção ao seu órgão sexual: "Bonito pin do Time's Up, James Franco. Lembra de quando você empurrou minha cabeça para baixo no carro na direção do seu pênis exposto. E outra vez que você pediu para minha amiga ir para o seu hotel quando ela tinha 17 anos? Depois que você já tinha sido pego fazendo isso com outra pessoa de 17 anos?", denunciou ela. 

Sarah Tither-Kaplan também criticou o ator na rede sociail por seu comportamento com ela em dois de seus filmes: "Hey James Franco, belo pin do Time's Up no Globo de Ouro. Lembra de algumas semanas atrás, quando você me disse que a nudez total que você me fez fazer em dois dos seus filmes por US$ 100 por dia não foi explorada porque eu assinei um contrato para fazer isso? Time's Up para isso". 

 

Questionada sobre não ter revelado a história antes ou sobre a opção de não tirar a roupa nos filmes, Sarah argumentou que eles poderiam acabar com a carreira dela: "Eu não tenho poder de barganha. Eu preciso trabalhar, comer. Eu preciso de uma carreira. Não tenho como dizer não, não tenho o luxo de negar trabalhos. Se eles escolhem abusar desse poder e tirar vantagem da minha necessidade, a culpa é dos abusadores", respondeu. 

 

 

 

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE E-MAIS