Venom 2 quase teve título com referência a música do Joy Division

Em entrevista, o diretor do filme, Andy Serkis, revelou quais foram as outras opções de nome para o filme

Divulgação
Venom: Tempo de Carnificina (foto: Divulgação)
Andy Serkis , diretor de Venom: Tempo de Carnificina , que estreou nesta semana nos cinemas brasileiros, revelou que o filme teria um nome completamente diferente do lançado, e que faria referência ao relacionamento entre Eddie Brock e Venom .

 

Em entrevista ao site Collider, Serkis admitiu que, até certo ponto, a sequência do filme de 2018 foi chamada de Venom: Love Will Tear Us Apart. O título é também uma referência à canção da banda britânica Joy Division lançada em 1980.

 

"Achamos, por um momento, que se chamaria Love Will Tear Us Apart, foi uma preocupação por um tempo", revelou o diretor, que também disse que Venom: Protetor Letal chegou uma opção.

 

"Mas Tempo de Carnificina parecia dar conta. Não houve muita discussão por causa dos outros títulos em que estávamos pensando. Porque este era um candidato bem forte”, complementou.

 

Sucesso de bilheteria

 

Venom 2  estreou nos Estados Unidos com o pé direito. A produção da  Sony  garantiu a maior estreia pós-pandêmica nas bilheterias. Até aqui, a arrecadação está na casa dos 90 milhões de dólares, tendo como base o primeiro final de semana com o longa em cartaz.

 

Com isso, a trama do universo de  Homem-Aranha  supera  Viúva Negra  (80 milhões de dólares), e aumenta a hegemonia do universo Marvel nos cinemas, com o recente  Shang Chi e a Lenda dos Dez Anéis  fechando o top 3 (75 milhões de dólares).

 

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: 

MAIS SOBRE CINEMA