Blocos que contornam veto e ganham autorização para desfilar no carnaval de BH

Entre os grupos, o Tico Tico Serra Copo, um dos pioneiros da retomada do carnaval na cidade, ameaçou entrar na Justiça para garantir o cortejo da forma como foi planejado

por Junia Oliveira 09/02/2018 20:12
Priscila Musa/Divulgação
(foto: Priscila Musa/Divulgação)
Blocos liberados e folia garantida em Belo Horizonte. Depois de agremiações terem os desfiles vetados pelo Corpo de Bombeiros na semana passada por causa de trajetos sobre viadutos, perto de rios ou em áreas de inundação, nesta sexta-feira, receberam o sinal verde os últimos seis grupos com pendências ainda a serem resolvidas. Entre eles, o Tico Tico Serra Copo, um dos blocos pioneiros da retomada do carnaval em BH, que ameaçou entrar na Justiça para garantir o cortejo da forma como foi planejado.

O bloco conseguiu manter o trajeto original e passará pelo túnel que liga a Avenida Cristiano Machado ao Complexo da Lagoinha, com a condição de fazer isso num tempo mínimo. “O bloco não poderá permanecer no local. Queriam ficar um tempo maior ali, mas o fluxo de veículos terá uma pausa essencialmente necessária para a passagem deles”, disse o tenente Douglas Constantino, da assessoria de comunicação dos Bombeiros. “Conseguimos a aprovação de todos com pequenos ajustes nos trajetos. Em situações inseguras, a rota foi desviada e recomendamos o reforço de brigadistas em pontos específicos, caso da Rua Sapucaí, perto da Praça da Estação”, relata. Do local, no Bairro Floresta, na Região Leste de BH, sairá o bloco Haja Amor, na terça-feira.

De acordo com o tenente, as rotas foram adequadas conforme exigência específica para cada região. O carnaval de BH contará com um recorde de militares. São 4 mil homens em todo o estado e 350 em BH e nos municípios mais próximos da região metropolitana. “Tendo em vista que BH tem se destacado no carnaval nos últimos anos, a cultura da prevenção tem predominado, tanto que conseguimos garantir a saída de todos os desfiles com segurança”, informou o tenente Constantino.

Blocos que também conseguiram reverter sua situação foram o Embriagalo e o Puleiro. O primeiro faz a folia hoje e o outro, segunda-feira, na Avenida Francisco Sá, 76, entre ruas Platina e Erê, no Bairro Prado, Região Oeste de BH. Apesar de não depender de trajeto, pois os grupos não sairão em cortejo, eles tiveram os alvarás vetados pelos Bombeiros e os desfiles chegaram até mesmo a ser cancelados na madrugada de quinta-feira pela Belotur, faltando 48 horas para a festa. O motivo: estão em área sujeita a alagamento. Ontem, na reunião que selou o destino dos blocos, eles conseguiram reverter a decisão, com a condição de fazer o acompanhamento das condições meteorológicas junto ao Centro de Operações da Prefeitura (COP). Sendo constatado risco de chuva nas quatro horas que antecedem a festa de ambos os blocos, eles serão cancelados para “preservar a integridade física dos foliões”, segundo o termo de conduta assinado pelos organizadores e a Belotur.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE CARNAVAL