Desfile da Banda Mole mantém tradição e agita pré-carnaval em Belo Horizonte

O bloco está concentrado na Avenida Afonso Pena, entre as ruas Guajajaras e Bahia. E o carnaval só está começando!

por Estado de Minas 03/02/2018 15:36
Ver galeria . 10 Fotos Banda Mole se apresenta em BH pela 43ª vezPaulo Filgueiras/EM/DA Press
Banda Mole se apresenta em BH pela 43ª vez (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press )
Se a chuva esfriou o tempo, a Banda Mole se encarrega de esquentar os tamborins, os foliões e o clima. Um dos blocos mais tradicionais da cidade já está na avenida. O grupo Havayanas Usadas embala com clássicos do axé. A orientação é trazer capa de chuva e animação. O bloco está concentrado na Avenida Afonso Pena, entre as ruas Guajajaras e Bahia. E o carnaval só está começando. A programação segue até às 22h.
 
 
 
Outros blocos neste sábado: 
 
Mamá na Vaca
Homenageando a tradicional vaca da Rua Leopoldina, no Bairro Santo Antônio, Centro-Sul da capital, o Mamá na Vaca se concentra às 10h na Praça Cairo, próxima à via do cortejo. Os foliões, no entanto, devem se preparar fisicamente para as ladeiras da região!


Quem é essa aí, papai

Pelo terceiro ano agitando o sábado do pré-carnaval, o “Quem é essa aí, papai!” lotou a Avenida João Pinheiro com sua bateria sintonizada com o ritmo da Bahia. União de 15 atléticas de faculdades de BH, o bloco esbanja irreverência a começar pelo nome, em referência a uma frase dita pela cantora Ivete Sangalo em janeiro de 2016. Em cima do palco, Ivete viu seu marido, o mineiro Daniel Cady, conversando com uma mulher desconhecida. Ciumenta, a artista logo perguntou do microfone: “Quem é essa aí, papai?”.

Flavia Ayer/EM/D.A Press
O bloco "Quem é essa a%u200Bí, papai!", que é uma união de 15 atléticas de faculdades, desceu a Avenida João Pinheiro na tarde sábado. A estimativa dos organizadores era de 5 mil foliões (foto: Flavia Ayer/EM/D.A Press )


A frase inspirou o bloco, que conta principalmente com axé no repertório, embora a bateria de mais e 200 pessoas também arrisque o funk. A estimativa dos organizadores era de reunir público de 5 mil pessoas no trajeto da Praça da Liberdade até a Praça Afonso Arinos. Pelo aperto da avenida, a impressão era que a meta foi ultrapassada.

Com a promessa de acolher pais, filhos, avós, sobrinhos, e toda a família, o Garota Eu Vou Pra Califórnia (foto) desfila, hoje, na Avenida dos Clarins, no bairro que dá nome ao bloco: Conjunto Califórnia, na Região Noroeste de Belo Horizonte. A concentração, que tem previsão para começar às 14h, rufará os tambores para muita animação. O bloco orienta que preconceito e raiva não devem ser levados à festa. 

Blocão PET
Os foliões da capital, que já consolidaram o carnaval da cidade como um dos mais importantes do país, almejam mais uma façanha: entrar para o Guiness World Record. Dessa vez, os pets – fantasiados – serão os protagonistas da festa e se encontrarão às 9h na Avenida do Contorno, 8.931, Gutierrez, na Região Oeste da capital. O Rei Momo, a Rainha do carnaval e a minibateria do Baianas Ozadas confirmaram presença. O Blocão orienta: não se esqueça de hidratar os cãezinhos.

Us Beethoven
O bloco carnavalesco Us Beethoven irá às ruas hoje homenageando o cantor de Sandra Rosa Madalena: Sidney Magal. No entanto, para além do cantor, o grupo também prestará homenagem a outros artistas importantes do ritmo, como Amado Batista e Wando. O cortejo será na Avenida Assis Chateaubriand com Avenida Francisco Sales, no Bairro Floresta, Região Leste de BH, com concentração prevista para as 8h. O grupo promete “arrepiar até o fio de cabelo que deixou cair na boate azul”. 
 

E Amanhã também...


Iemanjá
Movimentos da cultura negra de Belo Horizonte se encontrarão, amanhã, no Portal de Iemanjá, na orla da Lagoa da Pampulha, em referência ao dia da orixá, comemorado na sexta-feira. A concentração do ritual começará às 14h; às 15h30 o Bandarerê esquentam os atabaques; e, às 16h30, as oferendas serão colocadas nas águas da Lagoa. Os blocos Alô Abacaxi e Angola Janga farão uma festa às 19h para comemorar a data.


Asa de Banana
Hits como Voa, voa, Porto Seguro e Dança do vampiro serão entoados na Savassi no primeiro desfile do Asa de Banana, bloco que homenageia as bandas baianas, Asa de Águia e Chiclete com Banana. O cortejo, previsto para começar às 9h, arrastará os foliões, vestidos de azul e amarelo, na Avenida Getúlio Vargas, 710, e descerá a via em direção à Praça Diogo Vasconcelos.


Charanga das Padês
A cantora mineira Clara Nunes é a grande homenageada do ano da Charanga das Padês que, desde 2014, tem o objetivo de oferecer um bloco temático, em que pais, mães e responsáveis consigam levar suas crianças, fazendo com que a festa seja para toda a família. Além da folia, a charanga recolherá alimentos não perecíveis para o Instituto Ceasa Minas. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CARNAVAL