UAI

Ximbinha revela que fãs de Joelma tentaram matá-lo: 'Muito violentos'

Guitarrista diz que admiradores da banda Calypso não aceitaram a separação e o fim do grupo

Ximbinha revela que fãs de Joelma tentaram matá-lo: 'Muito violentos' Reprodução/Instagram
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 20/03/2024 00:52
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Ximbinha participou do Chupim, da Metropolitana FM, na última segunda-feira (18/03), e voltou a falar sobre sua separação de Joelma, com quem ficou por 18 anos e o fim da banda Calypso. Durante o papo, o guitarrista chegou a revelar que correu risco de vida porque fãs da cantora tentaram matá-lo.

Leia Mais

"Os fãs da Banda Calypso eram muito fãs mesmo. E o pessoal que ficou do lado dela [Joelma], não aceitava que eu vivesse. Eu cheguei a correr risco de vida. Eles ficaram muito violentos. Tentaram me matar. Invadiram a minha casa. Eu fiquei com receio de sair na rua", disse.

 

músico também contou sobre uma ligação que recebeu da advogada de Joelma logo após o fim do relacionamento. "Eu fui buscar a minha filha no colégio, era 12h, quando eu estava no caminho a advogada dela me ligou querendo que eu passasse a banda para o nome dela, passasse todo o patrimônio que estava no nome da empresa para o nome dela e abrisse mão de ver meus filhos", afirmou.

 

"Eu falei: 'Não, isso eu não faço. A Banda Calypso é minha vida e meus filhos são tudo o que eu tenho. Eu não vou fazer isso'. E ela disse que eu ia me arrepender se não fizesse isso", acrescentou.

 

"Deixei minha filha no condomínio onde ela estava morando e quando eu chego em casa, almoço, durmo um pouco e quando acordo, ela estava em um programa de televisão aparecendo em uma delegacia. Eu fiquei sem entender e foi aí que começou a desmoronar tudo", relembrou.

 

Ainda no papo, Ximbinha contou que sua preocupação sempre foi com a família e que, por conta disso, tentava não tocar em assuntos polêmicos. "Eu nunca fui de falar porque tem que ter o respeito e além do respeito, pela nossa família, tem respeito pela nossa história. A banda Calypso não pertencia mais a mim, ou a ela, pertencia ao público, aos nossos fãs", pontuou.

"Muitos fãs tomaram partido para o lado dela, eu aceito numa boa, ela é cantora, mulher e mulher sempre tem razão né? E a gente não pode ficar batendo de frente porque um dia a verdade vem. Eu oro pela vida dela, oro pela vida dos meus filhos".

Ximbinha

Confira, abaixo, um trecho da entrevista:

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp