UAI

Adriana Araújo se emociona ao relatar caos no RS: 'Um povo sem chão'

Apresentadora contou situação que viu pessoalmente ao ir para o estado gaúcho

Adriana Araújo se emociona ao relatar caos no Rio Grande do Sul: 'Um povo sem chão' Reprodução/Band
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 14/05/2024 08:52
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Adriana Araújo não conseguiu segurar a emoção e ficou com a voz embargada ao contar no Jornal da Band a situação que os gaúchos estão vivendo por conta das enchentes no Rio Grande do Sul. De volta ao estúdio, após ter ido até o estado, a âncora se mostrou abalada com o que viu pessoalmente na região.

Leia Mais

jornalista relatou que nunca havia pensado que algo desse nível atingiria o Brasil. Apesar de tanta tragédia, ela ressaltou a solidariedade do povo, revelando que recebeu ajuda das vítimas. "É um povo sem chão. Eu vi uma devastação que eu nunca imaginei ver no nosso país", lamentou.

 

"A perda não é só material. A dor e o trauma dos gaúchos são enormes. Como eu e o repórter cinematográfico Maciel Alves pudemos sentir de perto. Nós percorremos o Vale do Taquari durante uma semana para ouvir e dar voz aos flagelados dessa catástrofe", destacou.

 

comunicadora afirmou que as cenas da tragédia a lembraram do tsunami do Japão ou ruínas de uma guerra como no Iraque, Israel e Ucrânia. "A sensação que a gente tem é que caiu uma bomba. Como é difícil contar essas histórias. Quando o caos é colossal, as palavras parecem falhar na tarefa de explicar o que aconteceu. Desastre, tragédia sem precedentes, calamidade... Todas elas parecem insuficientes", comentou.

 

apresentadora conversou com moradores, crianças e desabrigados sobre a situação. "É um povo sem chão. Eu vi uma devastação que eu nunca imaginei ver no nosso país, mas eu também enxerguei um Brasil que abraça", revelou.

"As doações estão chegando, os flagelados são acolhidos e, mesmo sofrendo tanto, os gaúchos também nos estenderam as mãos, nos deram comida, o sinal da internet emprestado, nos conduziram pelos caminhos mais difíceis para que nosso trabalho pudesse ser feito".

Adriana Araújo

"Uma cena me marcou muito. Eu vi um empresário dentro de um bote no meio da chuva, levando as pessoas de um lado pro outro, onde não havia mais ponte. Esta é a riqueza que nós jamais podemos perder. A solidariedade. Temporal nenhum pode destruir. A todos os gaúchos, o meu coração com vocês", finalizou Adriana.

 

Confira, abaixo, o momento:

 

 

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp