UAI

Dona Déa expõe Luciano Huck ao vivo e revela quanto ele doou para o RS

A mãe de Paulo Gustavo aproveitou o Domingão deste domingo (12/05) para convocar os ricos a seguires o exemplo do apresentador

Dona Déa expõe Luciano Huck ao vivo e revela quanto ele doou para o Rio Grande do Sul Reprodução/Globo/Montagem
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 13/05/2024 08:44
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Dona Déa Lúcia expôs Luciano Huck ao vivo no início do Domingão com Huck, da Globo, deste domingo (12/05). Com um programa voltado à cobertura da tragédia no Rio Grande do Sul, a mãe de Paulo Gustavo (1978-2021) pediu que o apresentador revelasse quanto doou para ajudar as vítimas do estado gaúcho. O comunicador se recusou, e ela então deixou escapar o valor da quantia milionária enviado pelo "chefe".

Leia Mais

"Quando que você doou?", questionou a comentarista. "Quanto eu doei?", devolveu o apresentadador, visivelmente surpreso. "É, eu quero saber! Eu preciso saber disso", rebateu a comunicadora. "A senhora quer começar com fofoca, Dona Déa?", reagiu o comunicador.

 

"Mulher velha adora fofoca, você sabe! Eu sei quanto você doou!", revelou a veterana. "Não importa o valor. Importa o gesto", desconversou ele, que ouviu: "Importa o valor porque tem muita gente rica que é pão duro!".

 

Sem papas na língua, Dona Déa revelou o valor e convocou outros ricos a fazerem o mesmo. "Luciano doou R$ 1 milhão. Eu espero que essas pessoas que têm dinheiro botem a mão no bolso e façam a mesma coisa".

 

No fim do diálogo, o marido de Angélica assumiu. "Faço com muito gosto e, se precisar, faço de novo. O conselho ajuda, o exemplo arrasta. Quem puder doar, que doe", declarou.

 

O Domingão recebeu gaúchos famosos no palco: Carmo Dalla Vecchia, Vitoria Strada, Júlio Andrade, Ravel Andrade, Cintia Dicker, Leona Cavalli, Silvia Pfeifer, Tainá Müller e Marcelo Cosme. Também marcaram presença Lucas Chumbo e Pedro Scooby, que foram para lá como voluntários. 

 

Vale destacar, que o Rio Grande do Sul sofre com fortes chuvas desde o fim de abril. Rios e lagos encheram, inundaram cidades e deixaram rastros de destruição em todo o estado gaúcho. Até a publicação desta matéria, segundo a Defesa Civil, 147 pessoas morreram. Também há 806 feridos e 125 desaparecidos.

 

Confira, abaixo, o momento:

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp