UAI

Datena detona liberdade concedida a Sérgio Cabral

Decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região trocará prisão por medidas cautelares como uso de tornozeleira eletrônica e apreensão do passaporte

Datena crítica liberdade concedida a Sérgio Cabral Reprodução/Band
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 09/02/2023 22:28
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Na tarde desta quinta-feira (09/02), José Luiz Datena, o Datena, que comanda o Brasil Urgente, na Band, parou o noticiário para dar sua opinião sobre a liberdade concedida a Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro condenado a mais de 300 anos de prisão por lavagem de dinheiro.

Leia Mais

apresentador ressaltou que cada dia que passa, está perdendo cada vez mais a esperança no Brasil, devido a sua legislação. Na sequência, ele relembrou os crimes cometidos pelo político e rasgou o verbo.

 

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região do Rio de Janeiro (TRF-2) liberou Cabral da prisão domiciliar. A partir da decisão do Tribunal, Cabral poderá circular com uso de tornozeleira eletrônica. Uma outra medida cautelar que substituirá a prisão domiciliar será a apreensão do passaporte do ex-governador.

 

comunicador antes de chamar os especialistas em segurança do programa resolveu fazer um editoral sobre o assunto. "Dr. Ivalda, titular da DHPP, está aqui com a gente, mas antes eu vou dizer uma coisa para você [telespectador], a gente tem cada vez menos esperança com as leis que a gente tem. Cada vez menos esperança", iniciou.

 

"O cara tinha tomado mais de 300 anos de cadeia, roubou para caramba no Rio de Janeiro, meteu a mão para caramba… Esse eu sonhei que jamais… [fosse ser solto]. Mas o cara meteu tanto a mão na grana, foi um dos responsáveis por ter quebrado o Rio de Janeiro, onde cinco ou seis governadores passaram pela cadeia, e esse Sérgio Cabral jamais pensei que fosse sair da cadeia nem em dezoito gerações", acrescentou.

 

Em sua crítica à decisão da justiça brasileira, o jornalista continuou demonstrando sua indignação, reforçou sua desesperança com as leis brasileiras e debochou de Sérgio Cabral. Datena também falou sobre a atuação da polícia.

 

"Ficou seis anos na cadeia, depois foi para recolhimento, que é quando o preso dorme em casa, mas pode andar pelas ruas […]. Mas como é que pode um cara que roubou tanto o estado dele e o Brasil e agora vai poder andar com tornozeleira pelas ruas do RJ?. 'Garoto do Rio', Sergio Cabral, após uma cadeia desgraçada dessa. Eu estou perdendo cada vez mais a esperança nesse país", lamentou.

"A polícia é boa para caramba, prende pra caramba e,no fim, os caras [Justiça] querem dar abuso de autoridade alguns policiais que prendem vagabundos que roubam o Brasil são jogados na lata de lixo. Esse é o grande detalhe. Como é que pode?'".

Datena

Confira, abaixo, o vídeo:

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp