Fox divulga cena inédita da sétima temporada de The Walking Dead

Segunda parte da sétima temporada começa no dia 12 de fevereiro

por Diário de Pernambuco 23/01/2017 19:19
AMC/Divulgação
Apesar da queda de audiência na sétima temporada, uma oitava já foi confirmada pelo canal norte-americano AMC (foto: AMC/Divulgação)
A segunda parte da sétima temporada de The walking dead estreia apenas em 12 de fevereiro na Fox. Mas, para atiçar os fãs da trama de zumbis, a emissora divulgou, nesta segunda-feira (23), uma cena inédita do episódio 9, que marca o retorno da série à televisão. O capítulo 8, último da primeira sequência da sétima fase, mostrou a morte de Spencer (Austin Nichols), o sequestro de Eugene (Josh McDermitt) e o começo da união das comunidades contra Negan.

No vídeo, que você pode conferir aqui, Rick (Andrew Lincoln) está reunido com o grupo buscando uma solução para derrubar o tirano Negan (Jeffrey Dean Morgan), após as mortes de Abraham (Michael Cudlitz) e Glenn (Steven Yeun) e de encontrar Daryl (Norman Reedus). A sequência da sétima temporada mostrará que Rick finalmente conhecerá o Rei Ezekiel (Khary Payton), novo personagem que já era aguardado em The walking dead. Nos quadrinhos, ele foi apresentado como o rei de uma comunidade intitulada O reino.

A estreia da sétima temporada fez com que The walking dead batesse um recorde de audiência, acumulando 17,3 milhões de telespectadores. No entanto, nos episódios seguintes a audiência caiu. O retorno é uma tentativa da Fox de retomar os bons números. Independentemente disso, a série está renovada para a oitava temporada. Com oito episódios, a segunda parte da sétima temporada retorna em 12 de fevereiro na Fox. No Brasil, o episódio será exibido no mesmo dia que nos Estados Unidos, às 0h30. No dia seguinte, estará disponível no aplicativo da Fox e também terá uma reprise dublada no canal.

Em entrevista, Ross Marquand, que interpreta o personagem Aaron, revelou que a sequência mostrará o grupo de Rick tentando assimilar as dificuldades do mundo sob o comando de Negan. "Eles terão que decidir: “nós nos rendemos a Negan ou lutamos contra?". E acho que veremos esses dois lados", afirmou.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV