Jornal reúne 7 teorias de fãs da série 'Westworld'

A série da HBO já caiu no gosto dos amantes da ficção científica

por Agência Estado 31/10/2016 17:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
'Westworld' leva sua trama a um parque de diversões futurístico (foto: Divulgação)
Westworld
, série de TV da HBO que ocupa o horário das 23h aos domingos, acaba de chegar na metade de sua temporada de estreia, com a exibição do quinto episódio neste dia 30, mas já caiu no gosto daqueles fãs de ficção científica.

Como ocorreu com Lost e segue em uma penca de seriados depois dela, chegando até Game of Thrones, as teorias sobre os mistérios deixados por Westworld inundam as redes sociais a cada novo episódio lançado.

Inspirada no filme Westworld - Onde Ninguém Tem Alma, de 1973, Westworld leva sua trama a um parque de diversões futurístico nos quais robôs começam a tomar consciência da sua existência e tem deixado muitas pontas soltas ao longo da narrativa.

Um prato cheio para a criação de novas teorias. O jornal britânico The Guardian reuniu sete delas. Confira abaixo:

1 - Teoria nº 1: Ford é um robô

O personagem de Anthony Hopkins, Robert Ford, é o criador do parque Westworld. Mas fãs acreditam que ele não é humano e, sim, um robô. A teoria nasceu com a revelação de que Ford não criou o parque sozinho. Ele contou com a ajuda de Arnold, um personagem misterioso ainda não revelado na série, cujo nome é dito pelos robôs quando estão quebrados. A teoria diz que Ford foi criado por Arnold, tomou consciência e matou seu criador.

Teoria nº 2: Bernard é um robô

Bernard, o guru tecnológico interpretado por Jeffrey Wright, é um robô? Alguns fãs acreditam que o personagem é, na verdade, um androide que personifica Arnold, o criador do parque citado na teoria anterior. O fato de Bernard Lowe ser um anagrama para Arnold Weber só deixa os fãs ainda mais crentes nessa teoria.

Teoria nº 3: O que é o Homem de Preto?

Há muitas dúvidas ainda sobre a identidade do pistoleiro de negro vivido por Ed Harris. O Guardian reúne algumas delas: trata-se de um robô que acha que é humano; do primeiro anfitrião que sabe que é um robô e tenta encontrar seu próprio caminho; ou um bilionário que gosta de escalpelar pessoas.

Teoria nº 4: Diferentes linhas do tempo

Essa teoria é mais complexa. Alguns acreditam que existem duas linhas do tempo que se passam durante a série, uma no presente e outra no passado. O sujeito recém-chegado ao parque William, por exemplo, seria uma versão mais jovem do Homem de Preto, de Ed Harris.

Teoria nº 5: É tudo um experimento


Essa linha de interpretação da série busca encontrar elementos que comprovem o fato de que tudo é um experimento. Não há humanos envolvidos. Apenas robôs com diferentes níveis de consciência.

Teoria nº 6: Nada é real


Essa também é conhecida como a "Teoria Matrix": Nela, a ideia é que o parque Westworld seja, na verdade, virtual. As pessoas que vão para lá estão, na verdade, confortavelmente sentadas em uma cadeira usando um simulador de realidade.

Teoria nº 7: Acordem, humanos

Outra das mais amalucadas teorias dá conta de que Westworld é, na verdade, um documentário: Explico: apreciadores de teorias conspiratórias acreditam que nós, eu e você, estamos j á vivendo dentro de uma simulação de computador. A série, na verdade, foi enviada por aqueles que já se libertaram dessa realidade simulada para tentar nos livrar desse devaneio digital. Pois é.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV