Sete novos casos de microcefalia são registrados em Minas

Ministério da Saúde vai divulgar os dados nacionais do surto nesta quarta-feira (27/01)

por Carolina Cotta 27/01/2016 10:12

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
O número de bebês notificados com microcefalia em Minas Gerais passou de 41, na semana passada, para 48, esta semana, segundo o Boletim Epidemiológico divulgado nesta terça-feira (26/01) pela Secretaria Estadual de Saúde. O número de casos confirmados é de apenas um: até agora, só o recém-nascido em Curvelo teve o vírus identificado no corpo, embora sua suspeita de microcefalia siga em investigação. Já são 39 casos descartados, mas oito seguem em pesquisa, dois a mais do que no último boletim.

O protocolo de microcefalia do Ministério da Saúde, adotado em todos os estados, também está computando o número de gestantes com exantema, as manchas vermelhas pelo corpo que são um dos principais sintomas do zika vírus. Já são 20 grávidas notificadas, um crescimento de 300% em uma semana, já que no último boletim, eram cinco casos. O dado preocupa, pois essas mulheres correm o risco de gerar bebês com a malformação congênita. Dos 20 casos, apenas um segue confirmado, o da gestante de Ubá que passou a ter a gravidez acompanhada. Três foram descartados e 16 seguem em investigação.

Ao todo, desde que começou a notificação, em 2015, até ontem, Minas já contabilizou 68 casos no protocolo, entre crianças com microcefalia e gestantes com suspeita de zika. Nesta quarta, o Ministério da Saúde divulga os dados nacionais do surto.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA