Ministro da Saúde decide distribuir repelente para gestantes de todo o país

Medida tenta conter surto de microcefalia associado ao zika vírus

por Agência Estado 09/12/2015 17:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Agência Brasil/Divulgação
Grávidas de todos os estados do país receberão o produto de forma gratuita, segundo o ministro (foto: Agência Brasil/Divulgação )
São Paulo - O ministro da Saúde, Marcelo Castro, anunciou nesta quarta-feira (09/12), que o governo federal distribuirá repelente para as gestantes de todo o país como uma das ações de combate ao surto de microcefalia associado ao zika vírus.

A medida foi definida na terça em reunião do ministro com todos os governadores, em Brasília. "Vamos fazer uma parceria com o laboratório do Exército, que já produz repelente para os militares", disse ele, após participar de almoço do Lide, grupo de líderes empresariais, em São Paulo.

De acordo com o ministro, embora as ações federais contra o surto de microcefalia e zika sejam prioritárias para o Nordeste, região mais afetada, as grávidas de todos os Estados do país receberão o produto de forma gratuita.

Castro não informou quando a distribuição será iniciada, mas disse que o laboratório do Exército trabalhará em sua capacidade máxima de produção para iniciar a oferta dos repelentes o mais rápido possível.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA