Anvisa suspende venda de aparelhos que prometem redução de gordura

Empresa Lipotec está proibida de divulgar e vender produtos na internet

por Agência Brasil 07/08/2015 12:12

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução Internet / weightlossplanss.org
Leia também: Procedimentos de redução de medidas não-cirúrgicos não devem ser vistos como emagrecedores (foto: Reprodução Internet / weightlossplanss.org)
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta quinta-feira (06/08) a suspensão da fabricação e da distribuição dos produtos Critotec Criolipólise e Lipocavitação, Criotec Portátil, Criolipólise e Lipocavitação, Cavitec Lipocativição e Radiofrequência e Membrana para Criolipólise. A medida proíbe também a divulgação e comercialização dos produtos no site da empesa Lipotec.

A Anvisa determinou a apreensão e inutilização de todas as unidades dos produtos, que são anunciados como redutores de gordura. Clínicas de estética e sites femininos explicam na internet que a criolipólise é o “novo método de esculpir o corpo”. Segundo a agência reguladora, nenhum dos produtos tem o registro, documento que deve ser pedido pela empresa à Anvisa e que é concedido ou não depois de análise sobre a eficácia e a segurança do produto.

Procurado pela Agência Brasil, o sócio da empresa que importa o produto no Brasil e responsável pelo site, Ivan Latalisa de Sá, disse que o site é apenas uma forma de a empresa fazer pesquisa de mercado. Segundo ele, o produto não é vendido no país.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA