A cada três pessoas no mundo, uma conhece criança vítima de violência

Pesquisa ouviu mais de 11 mil pessoas em 28 países, incluindo o Brasil

por Agência Brasil 02/07/2015 12:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pesquisa da organização não governamental Visão Mundial revela que 76% das pessoas no mundo sabem de pelo menos um caso de criança vítima de violência e quase um terço a conhece pessoalmente. Os dados mostram que 62% dos entrevistados acham que o problema cresceu nos últimos cinco anos e quase a metade acredita que não se está fazendo o suficiente para punir as pessoas que cometem esse tipo de crime.

O estudo, divulgado nesta quarta-feira (01/07) durante seminário internacional em Brasília, ouviu mais de 11 mil pessoas em 28 países, inclusive o Brasil. Para a representante da Visão Mundial Brasil, Karina Lira, os resultados mostram que a violência contra crianças está se tornando um problema comum e crescente.

Karina destacou que, em alguns casos, as atitudes reveladas nas respostas dos entrevistados refletem a realidade, mas em outros, não. “Grande parte da violência contra crianças é cometida no espaço familiar e por pessoas conhecidas”, disse ela. No entanto, 61% das pessoas ouvidas pensam que o risco é maior em lugares públicos e no transporte público. “Há uma lacuna clara entre o que se percebe como risco para a criança e a realidade.”

A pesquisa mostra que três quartos da população acredita que experiências individuais como a falta de conhecimento sobre a violência contra crianças, o histórico de abuso e consumo excessivo de substâncias químicas são as causas mais comuns nesses casos. Fatores externos como a pobreza, as práticas culturais, o crime organizado e abuso por Forças Armadas são frequentemente menos vistas como causas do problema.

VÍDEOS RECOMENDADOS