Anvisa suspende 17 produtos de saúde fabricado por laboratório odontológico

Agência inspecionou a empresa e comprovou a falta de registro dos produtos

por Agência Brasil 25/11/2014 11:28

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta terça-feira (25/11) a fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e o uso de 17 produtos para saúde fabricados pela Inodon Laboratório Industrial de Produtos Odontológicos.

De acordo com a agência, em agosto deste ano, a empresa foi inspecionada e ficou comprovada a fabricação de produtos para a saúde, sem registro. São eles: Aftagil, bicarnato de sódio, cimento cirúrgico, Dentobuff Kit, Desensibident, Eugenol, Fluorchel, Fluorday, Gel Flúor Inodon, Gengi-Rapid, Hemostatic, Iodoform, Líquido de Dakin, Pedra Pomes Ultra-fina, soda clorada, solução de Milton tricresolformalina e Xilol.

Segundo a Anvisa, dez produtos - Cariostatic, Clarident, Clorexiplac, Edta, Eucaliptol, Fluorphat, Formocresol, Pasta Maisto, Tergensol e Verniz Copalex - fabricados pela empresa Inodon Industrial Editora Exportação e Importação Produtos Odontológicos também foram suspensos.

A agência suspendeu todos os produtos sujeitos à vigilância sanitária fabricados pela empresa N Francisco Emídio. A empresa, segundo a Anvisa, não possui autorização de funcionamento e os produtos não possuem registro, notificação ou cadastro.

Também foi determinada a suspensão do lote 325728 do produto desinfetante para uso geral – Azulim Perfumad – Eucalipto, marca Start, fabricado pela empresa Lima & Pergher Indústria Comércio e Representações com validade até 16 de setembro de 2016. De acordo com o laudo da Fundação Ezequiel Dias, o lote do desinfetante apresentou resultado insatisfatório no ensaio de identificação de formaldeído.

Todas as suspensões foram publicadas na edição de hoje (25) do Diário Oficial da União.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA