Diretor da OMS diz que epidemia de ebola pode ser controlada em três meses

A epidemia já afetou um total de 7,5 mil pessoas

por Agência Brasil 07/10/2014 11:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
REUTERS/Fabian Bimmer
Epidemia de ebola que atinge a África ocidental já chegou à Europa e aos EUA (foto: REUTERS/Fabian Bimmer)
O diretor regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para África, Luís Sambo, afirmou nesta terça-feira (7) em Portugal que a epidemia de ebola “está se espalhando mais depressa”, mas admitiu a possibilidade de o problema ser controlado nos próximos três meses.

“A epidemia já afetou um total de 7,5 mil pessoas, é difícil fazer previsões, mas pensamos que nos próximos 90 dias possamos inverter a tendência da epidemia e, eventualmente, controlá-la. Mas são previsões, é muito difícil dar certezas ou estabelecer prazos com exatidão”, disse Luís Sambo. O responsável da OMS para África falava no Porto em conferência sobre a epidemia de ebola que atinge a África ocidental e que já chegou à Europa e aos EUA.

Na Espanha

A ministra da Saúde espanhola, Ana Mato, convocou hoje reunião de urgência com todos os responsáveis regionais de saúde para analisar a situação provocada pelo contágio com ebola de uma auxiliar de enfermagem em Madri. Foram chamados todos os diretores de saúde das regiões autônomas espanholas para discutir como está a situação, depois de constatado o primeiro caso de contágio com o vírus ebola fora de África.

A auxiliar da enfermagem espanhola está isolada no Hospital Carlos III, em Madrid, onde contraiu o vírus. Fontes médicas confirmaram que a enfermeira está com febre, mas “estável”. Está internada na ala do hospital que atendeu aos dois missionários espanhóis que contrairam ebola na África. Eles morreram.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA