Artrite reumatoide e os impactos da doença na América Latina

Se você tem artrite reumatoide, um parente com a doença ou simplesmente curiosidade, um guia médico-paciente pode ajudá-lo

por Estado de Minas 16/04/2014 13:56

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Doença inflamatória autoimune crônica, sem cura, a artrite reumatoide precisa de ação conjunta entre paciente e médico para melhorar seu controle. No Congresso da Liga Panamericana das Associações de Reumatologia (PANLAR), em Punta Del Este, o grupo "AR: Juntos por uma causa", uma iniciativa da AbbVie Biofarmacêutica, apresentou resultados de uma pesquisa global sobre o impacto da doença na América Latina. Durante o congresso, foi lançada uma ferramenta para discussão – médicos criaram um guia para que a relação médico-paciente de artrite reumatoide seja mais próxima, clara e em sintonia para controle satisfatório da doença. Para aproveitar ao máximo o tempo com seu médico, a proposta é que o paciente reserve um tempo antes de cada consulta para se preparar para a conversa. Entre os encontros, ele deve anotar mudanças na maneira como se sente, tanto física quanto emocionalmente, para ajudá-lo a se lembrar de coisas a serem discutidas com o médico.

Se você tem artrite reumatoide, um parente com a doença ou simplesmente curiosidade, baixe o guia médico-paciente no site para ajudá-lo a iniciar a conversa com seu médico sobre as melhores formas de controlar sua AR.

A matéria sobre o evento e a pesquisa você confere na íntegra na edição impressa do jornal Estado de Minas desta sexta-feira (18), na página de SAÚDE.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA