Bebês de até 1 ano representam 40% dos casos de Sarampo no Ceará

Concentração do surto nessa faixa etária se deve à ausência de imunização

por Agência Brasil 08/04/2014 12:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
A Secretaria de Saúde do Ceará informou que 43% dos casos de sarampo identificados no estado foram registrados em bebês de até 1 ano. Ao todo, 125 pessoas foram infectadas pela doença desde janeiro deste ano.

O órgão explicou que a concentração do surto nessa faixa etária se deve à ausência de imunização, já que a vacina contra o sarampo só é aplicada aos 12 meses de vida. Dados do último boletim epidemiológico indicam que 16,8% dos casos são em menores de 6 meses e 26,4% em crianças com idade entre 6 meses e 1 ano.

Karlos Geromy/OIMP/D.A.Press
Concentração do surto nessa faixa etária se deve à ausência de imunização. Na foto, vacinação contra sarampo e poliomielite em São Luiz, no Maranhão (foto: Karlos Geromy/OIMP/D.A.Press)
Ainda de acordo com a secretaria, 60,8% das pessoas infectadas no estado são do sexo masculino e 39,2% do sexo feminino. A situação vacinal desses casos é a seguinte: 32,8% não eram vacinados por serem menores de 1 ano; 27% tinham a situação vacinal ignorada; 27% não eram vacinados e 13,1% tinham tomado uma dose da vacina.

Os principais sinais e sintomas apresentados pelos pacientes foram exantema, febre, tosse, coriza e conjuntivite. O boletim epidemiológico aponta que 25,4% dos casos exigiram hospitalização, mas todos os pacientes evoluem bem.

Entre as estratégias adotadas pelo governo do estado na tentativa de interromper o surto estão: a busca retrospectiva de atendimentos feitos em unidades hospitalares com casos confirmados a partir de 25 de novembro de 2013 até a data atual; o deslocamento de equipe de laboratório para as residências de casos suspeitos atendidos nos ambulatórios para investigação epidemiológica e coleta de sangue; e o processamento de todas as amostras suspeitas de dengue que deram negativas.

A campanha de vacinação contra o sarampo, feita em caráter emergencial, já foi encerrada no estado. A maior parte dos municípios conseguiu alcançar a meta de 95% de imunização, mas pelo menos sete cidades ficaram abaixo do índice estabelecido. Em Camocim, apenas 47% das crianças com idade entre 6 meses e 5 anos receberam a dose.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA