Berimbrown volta à ativa com lançamento de novo disco

Efervescente na década passada, a banda liderada por Negoativo passou por um período de 'stand by'

por Mariana Peixoto 18/08/2016 09:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Ronilson Silva/Divulgação
Novo álbum nasceu com o documentário 'Minas Gerais e sua cultura bantu', de Negoativo (foto: Ronilson Silva/Divulgação)
Banda conhecida por misturar elementos da cultura popular com a música pop, o Berimbrown, efervescente ao longo da década passada, passou por um período de transição – “stand by”, nas palavras do líder do grupo, Mestre Negoativo.

Seu álbum de estúdio mais recente, Irmandade, completou 10 anos. E é agora, comemorando 20 de formação, que o combo lança Lamparina. O novo disco ganha show de lançamento nesta quinta (18), no Teatro Bradesco.

Inspirado nas manifestações bantus de Minas, principalmente o vissungo (ritual linguístico em extinção praticado por garimpeiros na região de Diamantina), o álbum, que reúne 10 faixas, nasceu com o documentário Minas Gerais e sua cultura bantu, assinado por Negoativo.

“Muitos anos atrás, ganhei de presente o livro O negro e o garimpo em Minas Gerais (1943), do Aires da Mata Machado. A família do meu pai era de garimpeiros, então a cultura sempre esteve presente em casa”, comenta Negoativo. Ele foi a campo pesquisar o material que redundou no filme e no álbum.

“Na pesquisa com as comunidades, pudemos perceber o desdobramento que a globalização acarreta”, acrescenta. Lamparina parte desse conceito. “Antes dela, a luz vinha da candeia. A lamparina se tornou, assim, um objeto da tecnologia de sua época. Dessa maneira, ela representa elementos ancestrais com linguagem moderna”. Isso dialoga com o próprio conceito da banda, que mistura funk, soul, capoeira e tambores.

Esta noite, nove pessoas subirão ao palco. Três, além de Negoativo, são da formação original do Berimbrown: Ronilson Silva (baixo), Marcone Gonçalves (percussão) e o DJ A Coisa.

Com entrada franca, o show promete ser um encontro de culturas, pois está confirmada a presença de integrantes da Associação Cultural Folia de Reis e Chula e do candombe, todos ligados a comunidades quilombolas.

BERIMBROWN

Quinta (18), às 21h. Teatro Bradesco, Rua da Bahia, 2.244, Lourdes. Entrada franca. Ingressos serão distribuídos na bilheteria a partir das 19h.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA