Alanis recria 'Ironic' com problemas dos nossos dias: ''Um Snapchat que você não salvou''

Dilemas que realçavam aspecto irônico da vida foram trocados por dramas menores, os famosos 'first world problems'

10/11/2015 16:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

 

"Um velho amigo lhe adiciona no Facebook/ Você só descobre que ele é racista/ Depois de já ter aceitado". Problemas contemporâneos, porém banais, são o mote da piada de Alanis Morissette com o apresentador James Corden. Nesta segunda-feira, 9, a dupla apresentou uma versão "dos nossos dias" para Ironic, hit gravado por Alanis em 1995.

Se na letra original dilemas cotidianos eram enumerados para ressaltar o lado irônico da vida — "chover no dia do seu casamento", "conhecer o homem dos seus sonhos e a esposa dele" —, na esquete os dramas estão ligados à tecnologia atual.

 

"Anunciam um novo iPhone um dia depois que você comprou o seu" ou "um tweet engraçado que ninguém favoritou" estão entre os problemas de primeiro mundo da piada.

Dividindo com Corden o look usado no clipe de duas décadas atrás, Morissette alfineta o anfitrião do The late late show, na rede americana CBS: "É como ver dez mil apresentadores de late shows quando você quer apenas uma mulher", ela canta.

A veia cômica da artista não é novidade para os fãs, que já viram a vencedora do Grammy interpretar My humps, do Black eyed peas, em uma versão melancólica. A nova brincadeira celebra o lançamento da edição de aniversário do álbum Jagged little pill, que transformou Alanis Morissette em estrela de alcance global na metade dos anos 1990. A reedição do disco traz todas faixas remasterizadas e um disco bônus, com canções inéditas no formato demo.

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA