Marina Abramovic fala sobre parceria com Jay Z: ''nunca farei de novo''

Artista afirma que rapper não cumpriu acordo firmado entre os dois para videoclipe de 2013

por Fernanda Machado 20/05/2015 17:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Reprodução / YouTube
Artista plástica fez revelações a site especializado em arte (foto: Reprodução / YouTube)
A artista plástica sérvia Marina Abramovic fez declarações polêmicas sobre sua parceria com o rapper Jay Z no vídeo 'Picasso Baby', do cantor, de 2013. A artista, em entrevista ao site Spike Art, afirmou ter fechado um negócio com Jay Z no ano da produção, que não foi cumprido pelo senhor Carter.

 

Assista ao vídeo de 'Picasso baby':

 

Contextualizando todo o caso envolvendo 'Picasso baby'. A história começa em 2013, quando Jay Z decide fazer uma adaptação da performance 'A artista está presente', de Abramovic, exposta no Museu de Arte Moderna de Nova York três anos antes, em 2010. "Nunca tive problema com pessoas adaptando meu trabalho", afirmou Marina à Spike Art.

Na ocasião, Jay Z e Abramovic fecharam um acordo, segundo a publicação. Marina prepararia todo o conceito a ser utilizado na performance, que também virou clipe e em troca pediu que Jay Z ajudasse financeiramente o seu instituto, o Marina Abramovic Institute.

O problema é que, segundo a artista, Jay Z simplesmente não cumpriu sua parte no acordo. Ficou com o clipe pronto e Marina, sem o auxílio. "Ele me usou", disparou a sérvia ao site, que completou: "não foi justo. Foi muito diferente da Lady Gaga, por exemplo que fez um grande trabalho comigo. Só tendo 45 milhões de seguidores, ela trouxe todos esses joves para o meu público."

Abramovic não se diz arrependida, mas lamenta ter sido "inocente demais" na ocasião. "Nem imaginava que aquilo poderia acontecer".

Jay Z ainda não comentou as afirmações de Marina Abramovic ao site Spike Art.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA