Confira os campeões do Encontro Gastrô - O Melhor de BH 2017

Cerca de 800 convidados aplaudem vencedores do Encontro Gastrô. Leonardo Paixão ganhou como melhor chef e o Taste-Vin levou entre restaurantes. OssO - Mind the Bones foi revelação

por Carolina Daher 23/08/2017 06:00
Marcos Vieira/EM/DA Press
Premiação distinguiu em 39 categorias os preferidos de 50 jurados, com a ajuda de 400 mil votos on-line (foto: Marcos Vieira/EM/DA Press)

“Há 30 anos, o nosso fogão a lenha está aceso.” Essa frase, dita pelo chef Flávio Trombino, do Xapuri, resume bem a luta daqueles que sabem que o atual ouro de Minas vem das panelas. “O cardápio pode variar com o tempo, mas o amor pela nossa cultura, o respeito pelos nossos produtos e valores são imutáveis”, diz Flávio, que viu seu restaurante ser eleito como a Melhor Cozinha Mineira em Encontro Gastrô – O Melhor de BH 2017. O evento, uma realização da Revista Encontro, Diários Associados e jornal Estado de Minas, ocorreu ontem no Teatro Bradesco, em Lourdes. Além de indicar os melhores endereços e profissionais da capital, a mais influente publicação de gastronomia de Minas Gerais tem como principal missão fomentar um dos setores que mais representam a cultura do nosso estado.

Paixão, sem dúvida, é um dos principais ingredientes usados por qualquer grande cozinheiro no seu ofício. Mas o poder da culinária vai muito além dos sentimentos. É assunto sério. O setor de alimentação fora do lar gera mais de 630 mil empregos diretos e movimenta cerca de R$ 22 bilhões por ano em Minas Gerais. Só em Belo Horizonte, são 18.613 empresas atuando na área. “Sou um embaixador da culinária mineira. Sinto muito orgulho do que estamos produzindo aqui e, quanto mais pessoas no mundo conhecerem nosso trabalho, mais forte ficamos”, diz Leonardo Paixão, que este ano conquistou dois prêmios: melhor chef e melhor cozinha contemporânea, com o Glouton.

Sua casa, inclusive, empatou com o Taste-Vin na categoria melhor restaurante pela votação dos 50 jurados escolhidos pela publicação. O desempate veio pelo voto do internauta, que elegeu o francês como seu restaurante preferido na cidade. Foram mais de 400 mil votos on-line, evidenciando a importância da participação dos leitores no resultado da Gastrô.

O Taste-Vin levou três prêmios de uma só vez – melhor restaurante de BH, melhor carta de vinhos e melhor francês. Para o chef Rodrigo Fonseca, formado em engenharia elétrica, os números são sempre bem-vindos. Fã de planilhas, ele sabe estatisticamente tudo o que se passa em seu restaurante. Nos quase 30 anos de funcionamento, já preparou 319.000 suflês. Para isso, gastou 957 mil ovos, 63,8 mil litros de leite e 15 toneladas de farinha. “Nunca tive a intenção de crescer, ter quatro restaurantes. Prefiro ter um, mas muito bem cuidado”, diz ele.

Pão de queijo Quem também anda rindo com os números são os sócios Alexandre Poni e Halisson Moreira, do Verdemar. Eles encerraram a noite com os troféus de melhor padaria e melhor pão de queijo. Mesmo em meio à crise, a dupla viu sua empresa crescer 40% em 2017. Atualmente com 10 lojas na capital, o Verdemar inaugura duas unidades até o início de 2018. Diariamente, o supermercado vende mais de 3 toneladas de pão de queijo.

Com apresentação do comediante mineiro Bruno Berg, da Cia de Humor Desculpe Qualquer Coisa, o evento reuniu mais de 800 convidados, que puderam ver em primeira mão os vencedores das 39 categorias. Além deles, subiram ao palco os primos Joana Castro e Lucas Brandão, do Agosto Butiquim – eleito o melhor boteco no Festival Botecar –, o chef Ivo Faria, do Vecchio Sogno, e o sommelier Denis Marconi, do Taste-Vin. Os dois são considerados hors-concours por terem vencido cinco vezes consecutivamente em suas categorias.

Ivo Faria também comemorou a consagração do Vecchio Sogno como melhor italiano. Conhecido por sua generosidade, ele aplaudiu o chef revelação Djalma Victor, que comanda o OssO – Mind the Bones, eleito restaurante revelação de 2017. “Quando você repassa conhecimento, a tendência é crescer. Quem se tranca, acaba sozinho”, diz Ivo. Djalma, por sua vez, admite que passou uns dias sem dormir, tamanha a ansiedade pelo resultado da premiação. “Tem muita gente boa fazendo comida em Minas, isso faz com que a disputa seja muito concorrida”, afirma. Quem não o deixou em paz nos últimos tempos foi o amigo e chef Leonardo Paixão, que a cada encontro soltava um “Será que você ganha?”, aos risos. “O Leo está acostumado a ganhar. Eu não, estou começando agora”, completa. “Agora é trabalhar cada vez melhor para estar sempre aqui”, completou Djalma. *Da Revista Encontro

 

 

Os premiados


» RESTAURANTES
Melhor de BH    Taste-Vin
Restaurante revelação    OssO – Mind the Bones
Bufê Self-service    Verdinho Restaurante
Churrascaria    Fogo de Chão
Cozinha Light/Salada    Néctar da Serra
Pizzaria    68 La Pizzeria
Restaurante Tradicional    Casa dos Contos
Cantina / Trattoria    Província di Salerno
Cozinha do Mundo    Vila Árabe
Cozinha Mineira    Xapuri
Português    Taberna Baltazar
Japonês    Udon
Bistrô    D’Artagnan
Carne / Parrilla    La Victoria
Cozinha Contemporânea    Glouton
Cozinha Variada    Patuscada
Italiano    Vecchio Sogno
Peixes / Frutos do Mar    Alguidares
Francês    Taste-Vin
Carta de Vinhos    Taste-Vin

» PROFISSONAIS
Chef    Leonardo Paixão
Chef Revelação    Djalma Victor
Maitre     Denise Rache
Sommelier    Nelton Fagundes

» LANCHES E GULOSEIMAS
Novidade do Ano    Madero
Bufê de festa    Rullus Buffet
Cafeteria    Havanna
Chocolateria    Confiserie du Chocolat
Confeitaria e Salgados    Boca do Forno
Hambúrguer    Eddie Fine Burger
Padaria    Verdemar
Pão de Queijo    Verdemar
Gelateria / Sorveteria    Mi Garba

» DIVERSÃO
Novidade do Ano    Container Food Park
Festival Botecar 2017    Agosto Butiquim
Bar / Botequim    Monjardim Costelaria
Carta de Cervejas    Haus München
Carta de Drinques    Olga Nur
Choperia    Templo Cervejeiro Backer
Balada    Hangar 677

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA