Encontro Gastrô premia os melhores profissionais da gastronomia de Minas

Evento acontece nesta terça-feira e é uma realização da Revista Encontro, dos Diários Associados e do jornal Estado de Minas

por Carolina Daher 22/08/2017 06:00
Marcos Vieira/EM/D.A PRESS - 24/08/2017
Assim como em 2016, edição deste ano, que ocorre na noite desta terça-feira, será realizada no Teatro Bradesco, no Bairro de Lourdes (foto: Marcos Vieira/EM/D.A PRESS - 24/08/2017)
A gastronomia mineira é um dos grandes tesouros das Gerais. Uma cozinha que se reinventa com o passar do tempo, sem perder, no entanto, sua essência simples. Na panela, o ora-pro-nóbis, uma trepadeira sem vergonha, que nasce em qualquer lugar, vira um ingrediente sofisticado nas mãos de chefs que conseguem transformar as coisas da nossa terra em receitas deliciosamente elaboradas, carregadas de temperos e histórias. É com a missão de premiar os melhores profissionais que a Encontro Gastrô – O Melhor de BH foi criada há 15 anos. “E Encontro, uma publicação identificada com Minas e os mineiros, tem a obrigação de valorizar a cultura da gastronomia do nosso estado”, diz o diretor André Lamounier. Além da Revista Encontro, a Gastrô é uma realização dos Diários Associados e do jornal Estado de Minas.

Os melhores de 2017 serão revelados hoje, a partir das 19h30, no Teatro Bradesco, em Lourdes. A apresentação ficará por conta do comediante mineiro Bruno Berg, da Cia de Humor Desculpe Qualquer Coisa. O júri, que escolheu os melhores estabelecimentos da cidade, é formado por 50 pessoas de diversas áreas, entre médicos, empresários, arquitetos e artistas. Em comum, todos têm, entre suas paixões, comer e beber bem. O que não é difícil em BH, uma cidade conhecida por ser a capital dos bares. Muito além dos botequins, no entanto, Belo Horizonte vem se firmando cada vez mais como um lugar onde a alta gastronomia surge com uma identidade própria.

Nada mais contemporâneo e sofisticado do que encontrar no menu um prato elaborado com técnicas francesas e ingredientes vindos diretamente da fazenda. É o caso da barriga de porco no melado da roça, galette de tapioca e salada, uma das receitas mais pedidas do Glouton. O restaurante, que funciona em Lourdes, é um dos finalistas de Melhor Cozinha Contemporânea, assim como seu chef Leonardo Paixão, que está entre os três indicados a Melhor Chef. “Sempre brinco que, se perder é um vexame, se ganhar não fiz mais do que a obrigação”, brinca Leo, que nos últimos três anos levou o troféu de sua categoria para casa.

O time de jurados indicou seus lugares preferidos entre 39 categorias, divididas em Lanches e Guloseimas, Diversão, Restaurantes e Profissionais. Assim, diversas áreas são abrangidas. A publicação traz desde o melhor pão de queijo à balada mais concorrida da cidade. Uma das novidades deste ano é a inclusão da categoria Cozinha Variada, que contempla aquelas casas que têm em seus cardápios receitas com mais de um perfil. Entre os finalistas, está o restaurante Patuscada, fundado há 16 anos. “A expectativa está lá em cima, afinal teria um gosto especial receber um prêmio em um ano que abrimos uma nova unidade”, diz o chef Clóvis Viana, referindo-se ao endereço recém-inaugurado no Jardim Canadá.

Como o mais importante para a Revista Encontro é dar voz aos belo-horizontinos, além dos jurados, o voto popular veio pela internet. No site, foram registrados mais de 400 mil votos e a escolha dos leitores foi essencial para desempatar, por exemplo, a eleição de Melhor Restaurante de BH. Essa resposta, no entanto, só será revelada mais tarde, durante festa, que reunirá cerca de 800 pessoas. Os resultados serão apreciados, um a um, pelos convidados. Com calma e na companhia de um bom vinho, como se deve ser em uma grande refeição.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA