Centro Cervejeiro, em Lourdes, é o paraíso para os amantes da bebida

Lojas de cervejas artesanais e de insumos para a fabricação de receita própria se unem e dão origem ao empreendimento-piloto em BH

por Pedro Galvão 23/12/2016 09:14

Juarez Rodrigues/EM/D.A Press
Loja possui 600 metros quadrados, com direito a mostruário, bar e espaço para eventos. (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)

Panela, termômetro, fogão, densímetro, medidor, barris, malte, levedura, lúpulo e, é claro, ela em sua forma final, engarrafada ou na pressão. Tudo isso está no catálogo do recém-inaugurado Centro Cervejeiro, no Bairro de Lourdes, que chegou com a proposta de ser o paraíso para os amantes da cerveja em BH.

A loja de 600 metros quadrados, com direito a mostruário, bar e espaço para eventos, é fruto da parceria entre a Confraria do Malte e a Lamas. A primeira comercializava cerveja e chope na Avenida Bandeirantes, enquanto a segunda vendia insumos para a fabricação caseira da bebida via internet e numa pequena loja no Bairro Cidade Jardim.

A junção das duas deu origem a um local onde é possível comprar tanto diversas marcas de cerveja quanto ingredientes e apetrechos para fazer a própria receita. São pelo menos 150 rótulos engarrafados e 24 biqueiras de chope para a freguesia encher o growler ou degustar por ali mesmo, no aconchegante balcão. De matéria-prima, mais de 2 mil itens, incluindo 60 tipos de malte e 50 qualidades de lúpulo, além dos equipamentos e itens para envasar.

Em Belo Horizonte desde 2014, o Lamas já tinha anteriormente lojas de insumos em Campinas e na capital paulista. No entanto, BH foi a pioneira no modelo de empreendimento do Centro Cervejeiro. ''O Lamas foi o primeiro brew shop no Brasil. Crescemos muito com as vendas on-line nos últimos anos e queremos testar o novo modelo primeiro em Minas, para depois levar para outros estados. Afinal, o mineiro é mais exigente e gosta muito de cerveja'', afirma o empresário José Bento Valias, um dos responsáveis pelo negócio.

OPORTUNIDADE

Ciente da crise e dos riscos que ela apresenta para o mercado da cervejaria artesanal, tida como um produto de luxo, Bento aposta numa oportunidade trazida pela turbulência econômica. ''Fazer pode sair mais barato do que comprar, por isso muita gente está optando pela fabricação caseira, até por ser um hobbie, o que costuma ganhar força em tempos de crise”, diz.

Um kit básico para fabricação de 5 a 200 litros de cerveja custa a partir de R$ 750. O preço dos insumos varia entre R$ 0,15 e R$ 0,50 o grama de lúpulo e  R$ 6 a R$ 16 o quilo de malte, dependendo do tipo. Já o litro de chope, para quem tem o growler, custa entre R$ 12 e R$ 50.

Quem é iniciante também tem vez no Centro Cervejeiro. Além dos kits, o espaço oferece receitas prontas, com o passo a passo da fabricação. Os planos para o futuro incluem a oferta de cursos de fabricação e formação de sommelier.

Outro serviço disponível para a clientela é a locação de salas para o processo de brassagem, que é uma das etapas da feitura cervejeira. Itens decorativos, copos e outros objetos também estão à venda e podem ser boas opções para quem procura um presente de Natal cervejeiro. Quem for degustar alguma cerveja pode contar com a parceria entre a loja e o aplicativo PickMeApp, que transporta o freguês gratuitamente para casa.

Centro Cervejeiro (Lamas Brew Shop e Confraria do Malte)
Rua Gonçalves Dias, 1.754 – Lourdes. De segunda a sexta, das 10h às 20h; sábado, das 9h às 15h. (31) 3654-9982
e (31) 3245-5077

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA