Mocca oferece opções de café, almoço, lanche e happy hour no Belvedere

Com ambiente aconchegante e charmoso, estabelecimento foi aberto no fim de janeiro

por Eduardo Tristão Girão 27/05/2016 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Cristina Horta/EM/D.A Press
O ambiente rústico e aconchegante tem capacidade para 40 pessoas (foto: Cristina Horta/EM/D.A Press)
Adriana Martins é fonoaudióloga. Teve clínica e deu aulas durante 15 anos, mantendo de lado o sonho de trabalhar com gastronomia. As primeiras tentativas de mudar de ramo não foram tão bem-sucedidas, mas ela não desistiu. Mais experiente, abriu no fim de janeiro um pequeno café, que batizou de Mocca. Fica no térreo de um prédio comercial no Belvedere, sem concorrentes por perto. Charmoso, tem menos de 40 lugares e pequena vitrine abastecida principalmente com quitutes feitos no local.

''Gosto de ir para a cozinha e de ter contato com o cliente'', conta ela. Por isso, quis dar ao espaço ar rústico, aconchegante. Na parede do fundo, estrutura de ferro exibe objetos antigos como engradado, ventilador, máquina de escrever e um gramofone (que funciona) trazido por Adriana da casa de seus pais. Além do salão principal, que tem piso de ladrilho hidráulico, as mesas (pé de ferro e tampo de mármore branco) ficam na entrada e num pequeno espaço lateral.

Cristina Horta/EM/D.A Press
A casa oferece boa variedade de bolos, como o de leite Ninho com calda de coco (foto: Cristina Horta/EM/D.A Press)
Sobre o balcão, a vitrine exibe bolos, croissant, pão de queijo e salgados. Bolos, são cerca de cinco por dia, vendidos a R$ 5 (fatia). Entre as variedades estão as de leite Ninho com calda de coco, de chocolate com Nutella, de milho e de cenoura com calda de chocolate para o próprio freguês despejar. Há também croissant, pão de queijo, broa, brownie, empadas e folhados, além de sanduíches, como o de rosbife com queijo gruyère e molho de mel com mostarda (R$ 29).

Atualmente, a casa trabalha com cafés mineiros das marcas Américo e Cambraia, servidos coados (R$ 2) ou na versão espresso (R$ 4). Bebidas quentes e frias com café completam as opções dessa seção, incluindo pedidas como espresso com doce de leite (R$ 6), cappuccino (R$ 7), macchiato (R$ 5) e frapês (um deles, de caramelo com flor de sal, R$ 11).

HAPPY HOUR Durante o almoço, entram em cena pratos do dia: são sempre quatro – um deles light –, com preços entre R$ 25 e R$ 35 (individual). Às sextas, encontra-se ali feijoada, enquanto às segundas há sempre miolo de alcatra acebolado (com arroz, feijão, ovo, verdura refogada e farofa). Fora isso, opções mais incrementadas também são oferecidas, a exemplo de risoto de pato, boeuf bourguignon e dourado em crosta de amêndoas com fettuccine de legumes e molho de limão siciliano. Massas, saladas e sopas completam as opções.

''Tento misturar algo mais caseiro com algo mais gourmet'', resume Adriana. Há também cervejas (a partir de R$ 7, long neck) e vinhos (R$ 72 a garrafa mais em conta) no local, já que se tornou hábito de alguns saírem do escritório e fazer ali o happy hour. Inclusive, às quintas e sextas a cozinha prepara bruschetta, carpaccio, tartar de salmão, caponata e outros petiscos.

Mocca
Rua Desembargador Jorge Fontana, 50, Belvedere. (31) 2516-0207. Aberto de segunda a quarta, das 8h às 19h; quinta e sexta, das 8h às 21h.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA