BH recebe mais uma edição da mostra de teatro A.Mostra-LAB

Evento é focado em montagens reduzidas, de até 20 minutos de duração, e ainda conta com debates e performances de teatro e dança

por Pedro Galvão 01/08/2018 08:00
Thales Henrique Rocha/Divulgação
Júnio de Carvalho, da Azo Companhia de Teatro, apresenta cena 'Pas-sos'. (foto: Thales Henrique Rocha/Divulgação)

Quando se fala em curtas, o mais comum é pensar no cinema, por conta dos filmes de duração inferior a 30 minutos, muito populares e cultuados em festivais e outros circuitos de exibição. Porém, nas artes cênicas o formato reduzido também é possível. A partir desta quarta-feira (1º), BH recebe mais uma edição da A.Mostra-LAB. Até o dia 12, serão 45 cenas curtas, entre performances, teatro e dança, além de debates sobre as apresentações no Espaço Aberto Pierrot Lunar, no bairro Floresta.

Desde 2012, o evento abre espaço para artistas iniciantes e veteranos interessados em apresentar uma proposta de duração máxima de 20 minutos. Apesar do critério, o tempo não é contado com rigor, seguindo uma proposta flexível de experimentação livre e criativa, que surgiu com objetivo de contemplar quem não era selecionado para o festival do Grupo Galpão, mais longevo, realizado desde 2000. “A A.Mostra-LAB é bem aberta. Não temos uma curadoria e nosso edital é muito simples, qualquer um pode participar, quem está começando e quem já está acostumado. O importante é cada um apresentar o que quiser, de forma livre, sempre com essa troca de conhecimentos”, explica Igor Ayres, coordenador do evento.

Neste ano, a mostra contou com aporte financeiro maior, via Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Serão 12 dias e um total de 45 esquetes ou cenas – em 2017, foram 16. Três das atrações terão artistas de países vizinhos, trazidos em parceria com o Corredor Latino-Americano de Teatro. O tempo reduzido dos espetáculos permite ao público conferir todas as atrações do dia em cerca de uma hora.

Quem abre a A.Mostra-LAB de 2018 é o Grupo de Teatro Segredo, com a cena Sorrisos amarelos, escrita por Gleison Peixoto e estrelada e dirigida por Fabiola Moura. Sua minipeça conta sobre o dilema de uma mulher contemporânea dividida entre seus problemas reais e a imagem positiva que ela tenta transparecer nas redes sociais. Ainda nesta quarta se apresentam Júnio de Carvalho, da Azo Companhia de Teatro, com Pas-sos; e as cenas Paralelas, da Cia de Teatro Gaveta Caída, e Uma receita de como matar baratas, inspirada na obra de Clarice Lispector e estrelada por Jéssica Ricci.

Presença cativa desde a segunda edição, o ator, diretor e produtor Gu Freitas apresenta Pombos não comem Cheetos, na próxima quarta-feira (8). A cena dá conta de um casal homoafetivo que tem a oportunidade de refazer diálogos e ações a cada conflito que aparece, até chegar a um ideal. “É uma peça que traz a reflexão sobre como as relações poderiam ser melhores”, explica Gu. Para ele, “esse festival é um achado para a cidade”. “Não ter caráter competitivo, nem curadoria para avaliar se um trabalho pode ou não entrar, é totalmente aberto à investigação do trabalho cênico. Isso permite experimentar mais, dialogar. É sempre muito rico”, defende o artista.

Depois das apresentações, público e artistas podem interagir em um bate-papo, sempre mediado por um convidado. Na abertura, será da diretora do Teatro Andante, Ângela Mourão. Outra novidade será a tradução simultânea das cenas em libras, pensando em maior inclusão do público. A programação completa pode ser vista na página da mostra no Facebook: www.facebook.com/pg/amostra.lab.

7º A.MOSTRA-LAB – FESTIVAL DE CENAS CURTAS
De hoje a 12 de agosto, às 20h, no Espaço Aberto Pierrot Lunar (Rua Ipiranga, 137, Floresta, (31) 2514-0440). Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), à venda no local 1 hora antes de cada sessão. Classificação: 16 anos.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE TEATRO