Coletivo ZAP 18 apresenta 'Homem vazio na selva das grandes cidades'

Peça propõe reflexão sobre os desafios de viver na metrópole e de lidar cotidianamente com funções repetitivas

por Redação EM Cultura 10/11/2017 10:22

Pablo Bernardo/Divulgação
Nova peça da ZAP 18 questiona a sociedade contemporânea. (foto: Pablo Bernardo/Divulgação)

A angústia de um escritor em crise é o fio condutor de Homem vazio na selva das grandes cidades, novo espetáculo do Coletivo ZAP 18. A peça propõe uma reflexão sobre os desafios de viver na metrópole e de lidar cotidianamente com funções repetitivas. Carrinhos de supermercado, celulares e sacos de papel – símbolos do capitalismo – compõem o cenário. O drama do autor sem ideias para escrever tem como fundo musical o rap composto por Shabê.

“A gente precisa pensar numa cidade que tem inúmeras faces. Há um circuito cultural que se dá fora dos contornos centrais. É importante pensar que a arte é feita para quebrar paradigmas”, afirma Gustavo Falabella, diretor da peça.

 

 

O grupo monta os espetáculos em sua sede, na Região Noroeste, distante do circuito da Zona Sul de BH. “O Serrano é um bairro como outro qualquer. Há 15 anos vivemos a experiência voltada para tentativas de construir uma trajetória de diálogo com a cidade”, diz Gustavo.

Homem vazio... comemora os 15 anos da ZAP 18. No Serrano, o grupo faz ensaios, oficinas, cursos, debates e festas. “É um jeito de acolher os moradores. Temos atrizes daqui da região”, conta o diretor. “Encontramos dificuldades, mas a palavra que marca o nosso trabalho é resistência. Apresentar a peça aqui pode fazer com que espectadores da área central não venham nos assistir, devido à distância, mas é necessário intensificar esse olhar”, conclui.


HOMEM VAZIO NA SELVA DAS GRANDES CIDADES
Sexta (10) e sábado (11), às 20h30; domingo (12), às 19h. ZAP 18. Rua João Donada, 18, Serrano, (31) 3475-6131. R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE TEATRO