BBB18: Mara se vê como favorita. 'Eu sou muito conhecida', avalia

Cientista política mineira afirma que tem capacidade de 'mobilizar' e que é 'melhor do que Jéssica

por Estado de Minas 27/01/2018 18:55

Globo/Reprodução
Paula e Mara são as duas concorrentes mineiras no BBB18 (foto: Globo/Reprodução)

A cientista política mineira Mara, de 53 anos, deu a entender que se vê como favorita no jogo numa conversa na tarde deste sábado (27) com os homens da família Lima – Ayrton e seu sobrinho Jorge.

"Jéssica é muito legal, mas eu sou melhor do que ela", afirmou a professora da UFMG, comparando-se com a personal trainer que os brothers supõem ser uma concorrente forte ao prêmio. Relacionando seus pontos fortes no jogo, ela disse: "Eu sou muito conhecida". Ayrton não entendeu (Mara está com a voz rouca) e perguntou: "Triste", ela repetiu: "Conhecida!". Ele não entendeu de novo: "Confiante?". E então Jorge falou em tom mais alto e pausado: CO-NHE-CI-DA.

A sister avaliou também que tem potencial para mobilizar a opinião pública. Citando a edição passada, ela disse que é uma estratégia errada tentar se manter isenta no jogo e afirmou: "Ieda (a participante gaúcha que ficou em terceiro lugar) passou três meses enfurnada numa casa para ter 1% de votos e ganhar 50 contos".

Ainda sobre o tema de mobilizar a opinião pública, tema no qual a professora é especialista, Mara disse: "Pode ser que eu tenha rejeição altíssima? Pode ser. Só não quero ser campeã de rejeição". A mineira concluiu que "o BBB não é amor, é uma cilada".

Jorge, engenheiro carioca de 30 anos, cobriu Mara de elogios e disse que entrou no Big brother para conhecê-la. "Você  é uma estrategista nata. É seu hábito. Sou teu fã por causa disso. Queria ter 1% dessa linha de pensamento erudito, que consegue pensar em várias coisas ao mesmo tempo."

Com o restante dos brothers, no entanto, Mara não é tão popular nesta primeira semana de programa. Paula, a outra concorrente mineira, comentou durante a festa de sexta-feira que ela "fala demais". O líder Mahmoud, num diálogo em seu quarto com Ana Clara (também integrante da família Lima) e Gleici, afirmou: "Ela soltou tanto veneno que Deus tirou a voz dela. Ela quer incendiar a Terceira Guerra Mundial aqui. Para Ana Clara, "ela é a teoria da conspiração na veia".

 

No domingo, Mahmoud deverá indicar mais um participante ao Paredão Triplo. Paula, que venceu a Prova do Veto, tem direito de barrar um indicado – o segundo nome apresentado pelo líder ou o mais votado pela casa. Ana Paula, a primeira indicada por Mahmoud, é nome certo no Paredão. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SERIES-E-TV