Sucesso nos videogames, 'Castlevania' vira série na Netflix

Lançada originalmente nos anos 1980, franquia de jogos já teve mais de 30 títulos disponibilizados para diversas plataformas

por Breno Pessoa 07/07/2017 17:09
Netflix/Divulgação
Castlevania teve sua primeira parte divulgada nesta sexta-feira, 07. (foto: Netflix/Divulgação)
Clássico dos videogames, Castlevania ganhou série animada pela Netflix, disponível na plataforma a partir desta sexta-feira, 07. A produção segue a estética dos animes (animações japonesas) e adapta a história do terceiro jogo da franquia, Dracula’s curse, lançado para o NES em 1989. A temporada foi dividida em duas partes, com os primeiros quatro episódios liberados agora e, o restante, a partir de 2018. Voltado para audiências mais maduras, o desenho animado tem censura de 16 anos.

A trama simples do game original tem como protagonista Trevor Belmont, descendente de uma linhagem de caçadores de vampiros que parte em jornada pela Romênia para enfrentar o legendário Drácula, líder de uma horda de monstros responsáveis por assolar a Europa em 1476. A premissa ganha novos contornos na série animada da Netflix, que tem roteiro e produção executiva de Warren Ellis, autor de arcos consagrados de títulos dos quadrinhos como Homem de Ferro, Cavaleiro da Lua, Planetary e Authority

Uma das diferenças significativas na história assinada por Ellis é a motivação de Drácula. Em lugar de ser guiado apenas por um instinto de maldade, como geralmente ocorre em tramas envolvendo o mais famoso vampiro da cultura pop, o personagem desenvolve ira justificada pelos humanos. Sua esposa, Lisa, uma culta estudiosa da ciência, é acusada de bruxaria pela igreja católica e é queimada em praça pública. Esse pano de fundo reduz o maniqueísmo existente na trama original e torna mais interessante o antagonismo entre Belmont e Drácula. 
 
Se o aprofundamento na personalidade dos protagonistas ajuda na construção da história, o desenvolvimento lento que predomina nos primeiros episódios incomoda. A divisão da temporada em duas partes também parece equivocada, ainda mais dada a quantidade pequena de episódios e a curta direção (pouco mais de 20 minutos, cada). Lançar capítulos semanais talvez fizesse mais sentido.  

O desenho tem outros nomes conhecidos do público, além do roteirista. O elenco de dubladores originais conta Richard Armitage (O hobbit, 2012), responsável pela a voz de Trevor Belmont, James Callis (Battlestar Galactica, 2004), como Alucard, filho de Drácula, e outros. 

Adi Shankar, um dos produtores responsáveis pela animação, também trabalha atualmente em outra produção inspirada nos videogames: uma série animada de Assassin' creed, que ainda não teve detalhes revelados. 
 
Abaixo, confira o trailer de Castlevania:
 
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SERIES-E-TV