BBB17: Globo diz que 'anunciará medidas' na edição de hoje do reality

Em nota, emissora volta a condenar agressão e diz que médico da emissora fica responsável por exame para identificar provável lesão em Emilly

por Estado de Minas 10/04/2017 21:44

Globo/Divulgação
Marcos e Emilly, do BBB17 (foto: Globo/Divulgação)

O Estado de Minas entrou em contato com a assessoria de comunicação da Globo em busca de informações sobre o envolvimento da polícia na apuração do episódio de agressão na discussão havida entre Marcos e Emilly, na madrugada de domingo, 9, no BBB17.

 

A assessoria enviou o seguinte texto em resposta:


"A delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, Viviane da Costa, esteve hoje à tarde (segunda, 10) nos Estúdios Globo para pedir as imagens das discussões entre Marcos e Emily. Foi instaurado inquérito.


A delegada concordou com as seguintes medidas:
- submeter Emily a um exame clínico, por um médico da Globo, para avaliar a possibilidade de lesão corporal,
- e chamá-la novamente ao confessionário, a fim de que fiquem claros seus direitos, garantidos pela Lei Maria da Penha, inclusive o de ficar distante de Marcos, se assim o desejar.
 

A partir dos resultados, a Globo anunciará o que fará na edição de hoje do programa.


Mais uma vez a Globo reafirma seu repúdio a toda e qualquer forma de violência, tendo evidenciado isso em todas as suas atitudes. Conforme esclarecemos no ar na edição de ontem do BBB discussões como a que houve entre Marcos e Emily na madrugada de domingo podem levar a agressões físicas, o que não é admissível. Nem no programa nem fora dele.


Pelas regras do BBB, inclusive, agressões físicas são punidas com expulsão imediata.
 
Por isso, chamamos Marcos e Emily separadamente ao confessionário no domingo. Marcos foi repreendido e alertado sobre seu comportamento e a Emily foi reforçado todo apoio. Na ocasião, ela não denunciou nenhuma agressão física".


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV