Jota Quest completa 100 apresentações de turnê com show em BH

Banda mineira divulga o CD/DVD Música para cantar junto, sucesso de público no país. Com 25 composições, espetáculo terá hits e novas canções

por Márcia Maria Cruz 02/11/2018 23:03

Jpso Frans/Divulgação
Jpso Frans/Divulgação (foto: Jpso Frans/Divulgação)

A banda Jota Quest chega à centésima apresentação do CD/DVD Música para cantar junto, retornando a Belo Horizonte depois de turnê pelo Brasil. Gravado em 2017, o projeto repassa 22 anos de carreira da banda mineira e mostra amadurecimento em seu primeiro trabalho desplugado. “Não tínhamos feito acústico ainda. Pensamos quando a banda estava iniciando, mas não tínhamos repertório suficiente”, lembra o vocalista Rogério Flausino.

O trabalho será apresentado pela terceira vez na cidade natal da banda. Foi lançado em 2017 no Palácio das Artes, e já mostrado no KM de Vantagens Hall, local também da apresentação de hoje. No mês passado, Rogério Flausino, Marco Túlio Lara, PJ, Paulinho Fonseca e Márcio Buzelin comemoraram 25 anos do primeiro ensaio. “Para o público são 22 anos, mas no dia 27 (de outubro) completamos 25 anos de nosso primeiro ensaio”, recorda-se o vocalista do Jota Quest.

Com duração de duas horas, o show passeia por toda a obra da banca apresentando 25 composições, entre as quais os hits Dias melhores, Amor maior, Só hoje, Do seu lado, O que eu também não entendo, O vento, Fácil, entre outros. A banda também apresenta novas composições, como Morrer de amor, em parceria com Alexandre Carlo, do Natiruts; Você precisa de alguém, que, na gravação do DVD, teve participação de Marcelo Falcão; e Pra quando você se lembrar de mim, com Wilson Sideral. Sucessos que foram trilha sonora de diferentes momentos para os fãs dos mineiros. “São canções que fazem parte da vida da gente. Crescemos junto com o público, com Minas e o Brasil. As pessoas repassam as vidas e a relação com a gente”, afirma.

Música para cantar junto alcançou números recordes para a banda, que, há duas décadas, mantém canções entre as mais tocadas no Brasil. O acústico alcançou 150 milhões de visualizações nas plataformas digitais. Flausino brinca que o show não poderia ter nome melhor, já que faz alusão à letra de um dos grandes sucessos da banda: “Fácil, extremamente fácil/Pra você, e eu e todo mundo cantar junto.”

[BLOCKQUOTE1]O formato acústico e a escolha por sucessos cativam a plateia. “Na versão acústica, a canção vem em primeiro lugar. Suavizamos a velocidade da música, não tem distorção. A performance da banda mudou. Somos astral mais elétrico, mas, no acústico, começamos de forma tranquila, suave. O canto da plateia se torna parte do arranjo”, diz. Isso não significa que deixa de ser apresentação animada. “Será momento de congraçamento entre nós cinco e o público. Não podia ter melhor lugar para comemorarmos: em casa, em BH”, diz.

GERAÇÕES

Com duas décadas de estrada, o Jota Quest amealhou fãs de diferentes idades. “Quando começamos, éramos banda jovem, cantando para jovem.” Flausino lembra que a banda é filha da geração do rock brasileiro dos anos 1980, mas se enveredou pelos clássicos da black music dos anos 1960 e 1970. Esse trânsito permitiu que, ao longo da trajetória do grupo, pudessem dialogar com pessoas de diferentes gerações. “Pegamos público amplo naquela época.”

A trajetória de 25 anos da banda pode ser comparada a um casamento, na avaliação do vocalista da banda. O acústico é um brinde à persistência de os músicos terem mantido a parceria mesmo diante das dificuldades. “Somos cinco. Temos desacordos, discussões, o que é natural. Mas cada um de nós conseguiu ir mais longe do que poderia sonhar”, afirma Flausino. A convivência também tem sido fácil: “A gente acorda juntos, dorme juntos. Estamos perto um do outro na van, no camarim. Acima do individual, a permanência se deve aos nossos ideais firmes. O desejo de ter banda de sucesso e através dela nos expressar, fazer poesia e apresentar nosso ponto de vista.”

Acústico Jota Quest – Músicas Para Cantar Junto
Sábado (3), às 22h.

KM de Vantagens Hall. Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi.

Ingressos: pista livre e arquibancada R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia).

Informações: (31) 4003 5588 e Tickets For Fun


 

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA