Pabllo Vittar denuncia violência contra LGBTs em texto publicado nos EUA

'Brasil, um país extremamente preconceituoso', escreveu a drag queen na carta aberta endereçada à fãs do mundo todo publicada na Billboard

por Correio Braziliense 27/06/2018 12:00
Instagram/Reprodução
Pabllo Vittar levanta a bandeira LGBT: 'sou um cantor gay e também uma drag queen'. (foto: Instagram/Reprodução)
A revista norte-americana Billboard publicou, nesta terça-feira (26/6), uma carta da cantora Pabllo Vittar endereçada aos fãs brasileiros e internacionais como forma de celebrar o mês do orgulho LGBT.

O texto de Vittar faz parte de uma compilação de cartas de diversos artistas da cultura pop para a comunidade LGBT que falam diretamente para esse público. No texto de Vittar, a cantora faz até um protesto aberto sobre a morte de membros da comunidade gay no Brasil.

Em um dos trechos da publicação, Vittar afirma: "Sou um cantor gay e também uma drag queen em um país extremamente preconceituoso, o Brasil". E conclui: "Seja gay, lésbica, trans, drag queen, não-binário, esse é o nosso mês para refletirmos e nos amarmos como nunca, nossa luta é em nome do amor".
 
ORGULHO LGBT Essa é a segunda vez que a revista norte-americana faz campanha para o mês do orgulho LGBT. Entre os artistas que escreveram esse ano para a publicação estão, Courtney Love, Jason Mraz, Meghan Trainor, Tove Lo, Ariana Grande e AJ Mclean, do Backstreet Boys.

Na carta de Ariana, ela escreve: "Amar é como música. Não existe fronteiras e não é exclusivamente de um único gênero, sexualidade, raça, religião, idade ou credo".

Confira a carta de Pabllo Vittar na íntegra:

Manxs,

Muitos de vocês não sabem quem sou, mas deixa eu me apresentar: sou um cantor gay e também uma drag queen em um país extremamente preconceituoso, o Brasil.

Vamos conversar sobre ironias? Por mais que a visão que as pessoas têm de morarmos em um país alegre, divertido e com a maior parada LGBTQ+ do mundo também é o país que mais nos mata (dados da Anistia Internacional).

Toda minha vida soube que era gay, tive o amor da minha mãe e minhas irmãs para lutar pelos meus sonhos.

A arte foi um caminho que encontrei para me expressar e através dela tive a oportunidade de fazer turnês, programas de TV e colaborar com outros artistas que admiro. Espero que de alguma maneira eu também inspire outras pessoas a serem elas mesmas, independente do medo e de todas as coisas ruins que nos rodeiam. Não é fácil, mas juntos nossas vozes soam mais alto equanto mais barulho fizermos, mais difícil será para ignorarem nosso pedido de igualdade.

Seja gay, lésbica, trans, drag queen, não-binário, esse é o nosso mês para refletirmos e nos amarmos como nunca, nossa luta é em nome do amor.

Amo vocês!

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA