Anitta libera nova capa de single com referência a PL contra o funk

A placa da moto 'ANT 1256' que aparece na capa diz respeito ao projeto de lei que quer criminalizar o funk no Brasil

por Estado de Minas 15/12/2017 16:39

Reprodução/Twitter
(foto: Reprodução/Twitter)
Estão todos ansiosos pelo novo clipe de Anitta, Vai Malandra. Após a divulgação do trailer da música, a cantora divulgou nesta sexta-feira (15) uma nova capa pro single.

 

Na imagem, a cantora aparece sentada em uma moto com a placa amarela "ANT 1256" em destaque. O número em questão se refere ao projeto de lei que quer criminalizar o funk no Brasil. 

 

O empresário paulista Marcelo Alonso, autor da ideia, encaminhou à CDH (Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa) 20 mil assinaturas favoráveis ao projeto. No texto, ele diz que ''os chamados bailes de 'pancadões' são somente um recrutamento organizado nas redes sociais por e para atender criminosos, estupradores e pedófilos a prática de crime contra a criança e o menor adolescentes ao uso, venda e consumo de álcool e drogas, agenciamento, orgia e exploração sexual, estupro e sexo grupal entre crianças e adolescente, pornografia, pedofilia, arruaça, sequestro, roubo e etc''.

 

A música Vai Malandra trata-se de um tradicional funk carioca, segundo Anitta, cuja letra terá partes em inglês e em português. O clipe foi gravado em agosto, no Morro do Vidigal, no Rio de Janeiro. A cantora ainda diz que o clipe mostra as suas origens.

Reprodução/Twitter
(foto: Reprodução/Twitter)
 

 

Defensora do funk como expressão da cultura brasileira, Anitta já havia se indignado com a proposta e se pronunciado sobre o assunto. "Um absurdo. Mais absurdo que esse Brasil está uma zona, e as pessoas estão preocupadas com o funk", enfatizou. "A pessoa não tem ideia do quanto o funk ajuda uma parte da sociedade que não tem oportunidade de nada. Eu vim da favela e não é todo mundo que consegue, assim como eu. Para você ter uma vida diferente dentro do que está naquele espaço, não tenho palavras para descrever, mas não tem oportunidade. Um funkeiro hoje, que canta em um baile de favela, ele consegue gerar emprego para ele, para o motorista, para o DJ, o produtor, duas bailarinas e para o empresário. São no mínimo sete pessoas trabalhando e ganhando dinheiro com o funk", disse ela durante o Programa do Bial. 

 

"Tá tudo ok com o Brasil já? Achei que tivesse coisa mais séria para se preocupar do que com um ritmo musical que muda a vida de milhares", escreveu em seu Twitter. E também mandou recado: ''Não mexe com quem tá quieto. Ou melhor, não mexe com quem tá se virando pra ganhar a vida honestamente diante de tanta desigualdade''.

 

Vai malandra conta com a participação dos brasileiros Mc Zaac, DJ Yuri Martins e Tropkillaz, e do rapper norte-americano Maejor. O videoclipe oficial será liberado na íntegra na próxima segunda-feira (18). 

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA