Madonna se defende após discurso polêmico durante a Marcha das Mulheres

Cantora recebeu críticas ao seu discurso e fez com que canais de televisão interrompessem a transmissão ao vivo da marcha

por Estado de Minas 23/01/2017 12:13
Reprodução
Madonna faz discurso polêmico durante a Marcha das Mulheres, em Washington. (foto: Reprodução)
Madonna fez um discurso polêmico durante a Marcha das Mulheres, que aconteceu no último sábado, 21, em Washington. Após receber uma série de críticas pelas redes sociais, a cantora explicou que suas falas foram ''tiradas de contexto'' e que eram apenas metáforas. Em seu discurso, ela direcionou palavras aos apoiadores de Donald Trump, novo presidente dos Estados Unidos. 

''Aos nossos detratores que insistem que esta marcha nunca dará em nada, vão se foder'', disse a Rainha do Pop, que depois repetiu a expressão. Ela ainda declarou ter pensado em ''explodir a Casa Branca'' e mandou Trump ''chupar um pau'', enquanto cantava a música Express yourself

Pelas redes sociais, Madonna recebeu uma série de críticas e alguns canais de televisão a interromperem suas trasmissões ao vivo da manifestação, que atraiu milhares de pessoas em todo o território norte-americano em protesto contra Donald Trump. 

Em um post no Instagram, Madonna disse não ser uma pessoa violenta. ''Usei uma metáfora e compartilhei duas maneiras de ver as coisas - uma era ser esperançosa, e a outra era sentir raiva e indignação, o que senti pessoalmente'', escreveu. 

Segundo os arganizadores, a Marcha das Mulheres reuniu cerca de 5 milhões de manifestantes. Entre outras celebridades que levantaram a bandeira contra o polêmico novo presidente estavam as atrizes Kristen Stewart, Drew Berrymore, Scarlett Johansson, Emma Watson, e as cantoras Pink, Janelle Monáe e Alicia Keys, entre outras. 
 

Yesterday's Rally. was an amazing and beautiful experience. I came and performed Express Yourself and thats exactly what i did. However I want to clarify some very important things. I am not a violent person, I do not promote violence and it's important people hear and understand my speech in it's entirety rather than one phrase taken wildly out of context. My speech began with " I want to start a revolution of love." %u2665%uFE0F I then go on to take this opportunity to encourage women and all marginalized people to not fall into despair but rather to come together and use it as a starting point for unity and to create positive change in the world. I spoke in metaphor and I shared two ways of looking at things %u2014 one was to be hopeful, and one was to feel anger and outrage, which I have personally felt. However, I know that acting out of anger doesn%u2019t solve anything. And the only way to change things for the better is to do it with love. It was truly an honor to be part of an audience chanting %u201Cwe choose love%u201D. %uD83D%uDE4F%uD83C%uDFFB%uD83C%uDDFA%uD83C%uDDF8%u2665%uFE0F%uD83D%uDE4F%uD83C%uDFFB%uD83C%uDDFA%uD83C%uDDF8%u2665%uFE0F%uD83D%uDE4F%uD83C%uDFFB%uD83C%uDDFA%uD83C%uDDF8%u2665%uFE0F%uD83D%uDE4F%uD83C%uDFFB%uD83C%uDDFA%uD83C%uDDF8%u2665%uFE0F%uD83D%uDE4F%uD83C%uDFFB%uD83C%uDDFA%uD83C%uDDF8 #revoltutionoflove%u2665%uFE0F#revolutionoflove%u2665%uFE0F*******************************************************

Uma foto publicada por Madonna (@madonna) em

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA