Hugo Bonemer revela preconceito e perda de trabalhos após se assumir gay

'Ser LGBT não é um critério para contratação', afirma ator

Reprodução/Instagram
Hugo Bonemer (foto: Reprodução/Instagram)

Nesta segunda-feira (28/06) é comemorado Dia do Orgulho e Luta LGBTQIA+ em todo o mundo, data que reforça a igualdade entre todos. Diante disso, o ator Hugo Bonemer desabafou sobre a falta de propostas de trabalho após se assumir homossexual.

 

Em 2018, o ator trouxe o assunto a público e, com isso, só viu seus trabalhos diminuírem. O artista afirmou ter sido alvo de preconceito velado, porque os convites para projetos 'sumiram' sem nenhuma explicação depois que ele apareceu namorando um homem.

 

Em entrevista para o site NaTelinha, o ator afirmou: "Nada que tenha sido declarado, apenas uma diminuição na demanda. O oposto não aconteceu, já que ser LGBT não é um critério para contratação", afirmou Bonemer.

O artista disse ter orgulho de ser um dos primeiros atores que fazia papéis de mocinhos heterossexuais a revelar a sexualidade para o público. "Ter sido o primeiro ator da minha geração a sair do armário publicamente me enche de orgulho e isso é maior do que o medo da incerteza", pontuou Hugo. 

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: