Assessor de Leonardo morre após ser atingido por tiro na fazenda do cantor

Segundo assessoria de imprensa de Leonardo, tiro que matou Milton Rodrigues foi acidental

Correio Braziliense 05/03/2021 08:21
Instagram/ Reprodução
Milton Rodrigues, o Passim, era amigo de Leonardo há mais de 30 anos (foto: Instagram/ Reprodução)
O assessor do cantor Leonardo, Milton Rodrigues, morreu nesta quinta-feira (4/3) após ser atingido por um tiro na fazenda do cantor, em Jussara (GO). A assessoria de imprensa de Leonardo afirmou ao portal G1 que o tiro foi acidental. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

O produtor musical estava num quarto da fazenda Talismã provavelmente manuseando a arma, que teria caído. Ao tocar o chão, a arma teria disparado, atingindo a virilha de Milton, que não resistiu aos ferimentos.

Milton Rodrigues era conhecido como Passim e trabalhava na produção artística, especialmente de sertanejos, há mais de 30 anos. Ele era, além de parceiro cultural, amigo pessoal de Leonardo, como dá para perceber nas redes sociais de Passim.

Nas redes sociais, o cantor Zé Felipe, filho de Leonardo, e a noiva dele, Virgínia Fonseca, se manifestaram. O rapaz postou um vídeo ao lado de Passim no qual pede para que o amigo "não morra nunca" e avisa "se você morrer, eu desenterro você e ponho você em pé de novo". Na legenda, apenas "não dá para acreditar".


Colegas de Zé Felipe, como o cantor Alexandre Pires e a dupla Bruno & Denner comentaram na postagem, lamentando a morte de Passim e dando força ao filho de Leonardo. "Que pancada, irmão. Muito difícil", escreveu Alexandre.

Virgínia postou no stories do Instagram um aviso de que está de luto após a perda "de uma pessoa muito especial". "Que Deus conforte a família. Vamos sentir sua falta, Passim", escreveu a influenciadora.

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: 

MAIS SOBRE E-MAIS