Dia da Mulher marca início da Mostra Feminista de Cinema em BH

Evento organizado pela Coletiva Malva promove debate sobre a luta das mulheres e exibe 69 filmes brasileiros e estrangeiros até dia 16 de março

por Francelle Marzano 08/03/2018 08:00
Divulgação
Cena do filme 'Em busca de Lélia', de Beatriz Vieirah (foto: Divulgação )
Em um ano em que a indústria cinematográfica foi tomada por denúncias de assédio contra mulheres. a 4ª Mostra de Cinema feminista chega a Belo Horizonte para chamar a atenção de dar visibilidade às lutas diárias das mulheres. O objetivo é mostrar para o mundo as produções cinematográficas dirigidas por mulheres. De hoje, quinta-feira, 8, até sexta-feira, 16, o Sesc Palladium abre as portas para a 4ª Mostra de Cinema Feminista. Em cartaz, estão mais de 69 filmes nacionais e estrangeiros, que chamam atenção sobre as diversidade, as lutas e o universo do feminismo negro e indígena

A integrante da Coletiva Malva e uma das curadoras das mostra, Daniela Pimental, conta que a expectativa é reunir não só mulheres, mas todos os gêneros e pessoas que se identificam com a causa para debater uma luta que é diária. "Uma das coisas mais importantes do evento é poder promover um ambiente saudável, de debate e disseminação das obras das mulheres", afirma. 

De acordo com ela, a mostra teve 380 filmes inscritos, entre nacionais e estrangeiros. Além das exibições de filmes de todas as regiões do país, serão exibidos 16 longas estrangeiros, enviados de 11 países como Rússia, Portugal, Cuba, Argentina, Espanha, Equador, Chile, Colômbia, Irã, Alemanha e Dinamarca. 

"Essa é a quarta edição do evento e nossa expectativa é a melhor possível. No ano passado tivemos um resultado muito bom. As pessoas abraçaram a causa e compareceram para debater, dialogar e prestigiar grandes obras. A ideia que nesta edição o público seja ainda melhor, afirma Daniela. 

Para dar ainda mais visibilidade ao assunto, cada sessão exibida na mostra leva o nome de um grito da luta feminista. A primeira sessão, que estreia nesta quinta-feira, 8, Dia da Mulher, leva o nome Lute como uma mulher, com a exibição dos curtas Fantasia de Índio, de Manuela Andrade,  Rainha, de Sabrina Fidalgo e Tentei, de Laís Melo. 

Em seguida, será realizada a sessão Existimos porque resistimos com exibição de três filmes e um debate sobre feminismo negro mediado por Letícia Souza, da Coletiva Malva, e as convidadas Beatriz Vieirah, Juhlia Santos e Débora Rodrigues. 

A programação é gratuita e tem sessões a partir das 18h até o dia 16. 
 
Assista ao teaser de 'Em busca de Lélia, que será exibido nesta quinta-feira, 8. 
 
 

SERVIÇO
4ª Mostra de Cinema Feminista
Quando: 8 a 16 de março de 2018 (exceto segunda-feira, 12 de março)
Onde: Sesc Palladium (Avenida Augusto de Lima, 420, Centro)
Entrada Franca

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE CINEMA