Vencedor do Urso de Ouro, longa chinês 'Black coal, Thin Ice' não estreou no país

Uma das possibilidades, segundo os próprios chineses, é de que o filme tenha sido vítima da censura oficial

por AFP 17/02/2014 14:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
DAVID GANNON / AFP
O diretor chinês Diao Yi'nan e o ator Liao Fan posam com os troféus (foto: DAVID GANNON / AFP)

O Urso de Ouro obtido no Festival de Berlim pelo filme chinês 'Black coal, Thin Ice' provocou curiosidade nesta segunda-feira (17) no país asiático, onde o longa-metragem ainda não estreou, e entre as dúvidas está uma eventual censura oficial.

O filme do diretor Diao Yinan narra a história de um ex-policial que se apaixona por uma suposta assassina. Tem enigmáticos 'flashbacks' e se passa nos anos 90 no norte da China.

O diretor, até então um cineasta de obras experimentais e autorais, mostrou neste thriller sua faceta mais "comercial".

Liao Fan, o protagonista, recebeu o Urso de Prata de melhor ator. Após a premiação, o filme foi o mais pesquisado na área de cinema do Sina Weibo, o equivalente chinês do Twitter.

"Por que os filmes que ganham prêmios são os que nunca são divulgados?", questiona um internauta. "Com o tema sensível e o forte conteúdo, não sei se permitirão que seja exibido na China, ou se terá muitos cortes", afirma outro.

Apesar das dúvidas, o governo anunciou na imprensa oficial que 'Black Coal, Thin Ice' estreará na China em abril ou maio.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA