Longa mineiro é o grande vencedor da 17ª Mostra de Cinema de Tiradentes

'A vizinhança do Tigre', de Affonso Uchoa foi rodado no bairro Nacional, em Contagem

por Carolina Braga 02/02/2014 07:14

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Tulio Santos / EM / D.A Press
Realizadores de 'A Vizinhanca do Tigre' recebem o grande prêmio do festival (foto: Tulio Santos / EM / D.A Press)

Desde que 'A vizinhança do Tigre' foi exibido na Mostra de Cinema de Tiradentes, logo no primeiro dia, o favoritismo esteve ao lado do filme do mineiro Affonso Uchoa. O resultado saiu melhor do que ele poderia supor. Vencedor tanto do Júri da Crítica como do Júri Jovem, o longa rodado no bairro Nacional, em Contagem, faturou o prêmio Itamaraty no valor de R$ 50 mil reais além do troféu Barroco.

“Pela performance dos atores que resulta em uma dramaturgia contundente pelo risco assumido na realização cinematográfica que propõe fissuras”, disse Rubens Machado Jr, representante do júri da crítica. Affonso Uchoa subiu ao palco acompanhado dos personagens do longa, um híbrido de documentário e ficção. O prêmio foi dedicado à equipe. Ambas as comissões também decidiram por conceder menção honrosa ao longa 'Branco sai, preto fica', de Adirley Queirós.


Entre os curtas, o vencedor foi 'E', de Alexandre Wahrhaftig, Helena Ungaretti, Miguel Antunes Ramos (SP) com menção honrosa para 'Coice no peito', de Renan Rovida. O prêmio aquisição do Canal Brasil foi para o curta 'Quinze', de Maurílio Martins. “Com essa grana vou conseguir pagar o filme”, desabafou o cineasta. Os prêmios do público foram respectivamente para o curta 'Diários Daltonicos', de Patrícia Monegatto e 'Cidade de Deus: 10 anos depois', de Cavi Borges e Luciano Vidigal. “Sou muito apaixonada pelo que faço e ganhar o prêmio de júri popular em 101 filmes é muito emocionante”, comentou Patrícia, a única representante de Santa Catarina selecionada para a Mostra.

Temática Com a temática 'Processos audiovisuais de criação', a 17ª Mostra de Cinema de Tiradentes exibiu entre 24 e 01 de fevereiro, 134 produções de 16 estados brasileiros. O público estimado desta edição foi de 35 mil pessoas durante os nove dias de evento, com 54 sessões.

PREMIOS MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES

Júri da Crítica

Melhor longa Mostra Aurora: 'A vizinhança do Tigre', de Affonso Uchoa (MG)
Menção honrosa Mostra Aurora: 'Branco sai, preto fica', de Adirley Queirós  (DF)
Melhor curta Mostra Foco: 'E', Alexandre Wahrhaftig, Helena Ungaretti, Miguel Antunes
Menção Honrosa Mostra foco: 'Coice no peito', de Renan Rovida

Júri Jovem

Melhor longa Mostra Aurora:
'A vizinhança do Tigre', de Affonso Uchoa (MG)
Menção honrosa Mostra Aurora: 'Branco sai, preto fica', de Adirley Queirós  (DF)
Prêmio Aquisição Canal Brasil: 'Quinze', de Maurílio Martins (MG)

Júri Popular

Longa: 'Cidade de Deus: 10 anos depois', de Cavi Borges e Luciano Vidigal
Curta: 'Diários daltônicos', de Patrícia Monegatto

(A repórter viajou a convite da Mostra de Tiradentes)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA