Michael Haneke diz que seu filme 'Amor' emociona porque é universal

Longa metragem concorre a cinco estatuetas no Oscar

por AFP 20/02/2013 16:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação / Imovision
'Amor', de Michael Heneke ganhou elogios da crítica (foto: Divulgação / Imovision)
O diretor austríaco Michael Haneke afirmou nesta quarta-feira que seu filme 'Amor', que disputa cinco prêmios Oscars, emociona a todos porque é uma história que pode acontecer em qualquer família.

"'Amor' atinge as pessoas porque pode se passar em todas as famílias. Se uma pessoa é muito jovem, pode ter vivido isso com os avós, se não é tão jovem, com seus pais", explicou Haneke falando à imprensa em Madri.

"Quando faço um filme, quero que as pessoas se emocionem e, se consigo isso, é algo com que fico satisfeito", acrescentou o veterano diretor de 69 anos.

O filme, que ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes, aspira a cinco Oscars: melhor filme, melhor diretor, melhor atriz, melhor roteiro original e melhor filme estrangeiro.

"Gostaria de ganhar tudo", afirmou, entre risos. "Não tenho ilusão alguma de ganhar algo, nada que seja", acrescentou, mais sério.

"Cruzo os dedos para ter sorte", disse ainda, admitindo estar nervoso com a premiação de domingo.

Haneke, que recebeu nesta quarta-feira a Medalha de Ouro do Círculo de Belas Artes madrilenho, se encontra na capital da Espanha dirigindo a ópera "Cosí fan tutte", de Mozart, que estreia no sábado.

 

Assista ao trailer do filme 'Amor':

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA