Espiritualidade, romance, Gretchen e mais protestos: veja como foi o domingo de carnaval em BH

Pena de Pavão de Krishna, Samba Queixinho, Chama o Síndico e muito mais; blocos de rua e foliões mostram por que a capital mineira vem construindo uma festa democrática e cheia de significado

por Flávia Ayer , Gustavo Werneck , Juliana Cipriani , Laura Valente Márcia Maria Cruz 03/03/2019 21:36

Gladston Rodrigues/E.M/D.A Press
Bloco Chama o Síndico embalou mais de 10 mil foliões no domingo de carnaval 2019 em BH (foto: Gladston Rodrigues/E.M/D.A Press)
 

Haja fôlego para acompanhar a programação dos mais de 500 blocos que desfilam na capital mineira até a Quarta-Feira de Cinzas, mas o folião que curte o carnaval 2019 em BH está mostrando animação e pique de sobra. Inclusive para desfilar e participar da festa engajado em manifestações e protestos, mostrando sua posição diante dos rumos da política, indignação com tragédias e crimes ainda sem resposta, com a discriminação. O palco é a rua e a voz de quem está no comando do som nos trios elétricos ganha coro, num sentimento que diz respeito não só à música como também aos anseios do povo. Não por acaso, as plaquinhas com dizeres têm feito o maior sucesso pelas ruas da capital. 

Maratona

Ver galeria . 44 Fotos Foliões se preparam para o cortejo se pintando de azul e realizando um ritual para boas energiasLeandro Couri/D.A. Press
Foliões se preparam para o cortejo se pintando de azul e realizando um ritual para boas energias (foto: Leandro Couri/D.A. Press )

Neste domingo ainda bem cedo, a partir das 6h, integrantes e público do Pena de Pavão de Krishna começaram a se concentrar no Bairro Milionários, na Região do Barreiro. Manifestações de espiritualidade marcaram o encontro antes da saída do bloco, pouco mais tarde, num trajeto que foi da Praça do Cristo em direção à praça da antiga Febem. Neste ano, o bloco que elege a cor azul homenageou o capoerista Moa do Katendê, assassinado, no ano passado, em Salvador. 
 

Durante o percurso, os pavões também homenagearam as vítimas da tragédia do rompimento da Barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, em um minuto de silêncio e hasteamento de bandeira com dizeres contra a mineradora Vale. O bloco também defendeu a implantação de um parque ecológico na região, em parceria com o Instituto Macunaíma.

 

Ver galeria . 59 Fotos Foliões do bloco Chama o SíndicoGladyston Rodrigues/D.A. Press
Foliões do bloco Chama o Síndico (foto: Gladyston Rodrigues/D.A. Press )
 


Quase ao mesmo tempo do desfile do Pena, o Chama o Síndico, famoso pela trilha musical de Tim Maia e Jorge Benjor, realizou o primeiro desfile da história durante o carnaval (antes, o bloco saía na quarta-feira anterior à folia) e levou uma multidão para a Pampulha. Com o tema “a incrível história de um país tropical”, mais de 10 mil pessoas, de acordo com estimativa da Belotur, festejaram e protestaram já que o grupo se manifestou contra o governo de Jair Bolsonaro (PSL) e a favor das minorias: mulheres, negros, LGBT's, pessoas com deficiência. O trio elétrico foi coberto com frases de protesto e o bloco também homenageou as vítimas da tragédia de Brumadinho. 

 

Rainha do rebolado e Grupo Corpo

Ver galeria . 12 Fotos Com a presença da cantora Gretchen, bloco Beiço do Wando agitou foliões no Bairro Santa Efigênia, na Região Centro-Sul Paulo Filgueiras/EM/DA Press
Com a presença da cantora Gretchen, bloco Beiço do Wando agitou foliões no Bairro Santa Efigênia, na Região Centro-Sul (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press )

Também pela manhã, a cantora Gretchen, a rainha do rebolado, participou do desfile do Beiço do Wando. Pela primeira vez no carnaval de BH, a musa da Internet fez a galera dançar e cantar com sucessos antigos e atuais, com destaque para o hit Conga, Conga, Conga. O repertório prestigiou ainda sucessos de Wando, Odair José, Fábio Jr., Reginaldo Rossi, Sidney Magal, Roberto Carlos, Roupa Nova, Luiz Caldas, Chitãozinho e Xororó, além de hits do sertenejo e marchinhas de carnaval.


Ver galeria . 14 Fotos Bloco Pacato Cidadão reúne cerca de 15 mil pessoasSidney Lopes/em/D.A.Press
Bloco Pacato Cidadão reúne cerca de 15 mil pessoas (foto: Sidney Lopes/em/D.A.Press )
 

Numa festa de rua marcada pela diversidade e em que cabe foliões de todas as tribos e idades, o bloco Pacato Cidadão, que desfilou na Avenida Bandeirantes, contou com uma presença especial:  Joana Dark Senna, de 93, desfilou tranquilamente e sentada como se estivesse num imenso mar azul, graças à criatividade dos amigos e familiares: uma fantasia criada para garantir o conforto da idosa durante a festa.

Ver galeria . 10 Fotos Bloco Queixinho se apresentou no segundo dia de carnavalSidney Lopes/EM/DA Press
Bloco Queixinho se apresentou no segundo dia de carnaval (foto: Sidney Lopes/EM/DA Press )

Ufa! Logo após a pausa para recarregar as energias no almoço, o Unidos do Samba do Queixinho contou com a participação de bailarinos do Grupo Corpo e  bateria com 150 integrantes de camisa listrada nas cores vermelho e preto. O cortejo seguiu pela Avenida Bandeirantes, no Bairro Mangabeiras, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

 
Pedido de casamento 

Ver galeria . 29 Fotos Bloco É o Amô teve de teve de tudo, desde pedido de casamento até ensaio fotográficoTúlio Santos/em/D.A.Press
Bloco É o Amô teve de teve de tudo, desde pedido de casamento até ensaio fotográfico (foto: Túlio Santos/em/D.A.Press )

E não é que haveria mais surpresas no domingo de carnaval? No bloco É o Amô, em que milhares de foliões são embalados por música sertaneja, houve até pedido de casamento e ensaio fotográfico de noivos. A folia no entorno do Mineirão, na Avenida Abraão Caram, também contou com discurso pela liberdade e democracia. Do alto do trio, o Mestre de bateria Di Souza lembrou a luta dos movimentos sociais para ocupar as ruas de BH e disse que muita gente tomou bala de borracha para a festa de hoje se tornar uma realidade. 

Por fim, disse que não seria nem preciso puxar um "Ele não", "porque aqui ele já não pisa de jeito nenhum mesmo", afirmou em referência ao presidente Jair Bolsonaro. Nos microfones, o bloco também exaltou todas as formas de amor.
 

Amanhã tem mais. Confira a programação que vem com blocos de peso como o Baianas Ozadas e o Havaianas Usadas e siga a cobertura ao vivo aqui, a partir das 7h.    

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']