Carnaval de BH abriga blocos que homenageiam do pop aos sucessos infantis

Os sucessos do Backstreet Boys, o romantismo de Sandy & Júnior e as músicas infantis da Rainha dos Baixinhos estão entre os hits que animam os foliões

por Walter Felix 23/02/2019 09:00

Di Gomez/Divulgação
O Backstreet Bloco faz hoje seu desfile oficial, no Bairro Floresta. "Vai ser possível sambar ouvindo Backstreet Boys", diz Pedro Godoy, que estreia no bloco (foto: Di Gomez/Divulgação)

Já há algum tempo, o carnaval de Belo Horizonte deixou de ser uma festa restrita ao samba. Além do axé – que também dá o tom de grande parte dos eventos nesta época do ano –, a folia na cidade reserva espaço para MPB, forró, funk e rock, entre tantos outros estilos convidativos para variados públicos. Neste ano, os nostálgicos também colocam seus blocos na rua, ampliando ainda mais o panorama eclético da festividade na capital mineira.

O Backstreet Bloco antecipa a celebração para este fim de semana. O repertório contempla ícones do pop das décadas de 1990 e 2000, como as boy bands Backstreet Boys e ‘N Sync, as divas Britney Spears, Christina Aguilera e Jennifer Lopez, além de grupos nacionais, como Rouge e Br'oz. A proposta é uma iniciativa do publicitário Diego Fialho, guitarrista do Aki Cê Dança, que reuniu membros de outros blocos da cidade e o amigo Pedro Godoy, designer gráfico que faz sua estreia no carnaval. Ao todo, o grupo conta com 10 integrantes.

Para Godoy, a pluralidade de estilos foi essencial para que a folia na capital mineira chegasse à marca de 500 blocos de rua. “Se todos tocassem axé, funk ou samba, o público seria limitado. É uma característica do evento essa mistura de ritmos. Nosso som vem dos gringos, mas misturamos batidas que são a cara do carnaval, como galope e samba reggae. Vai ser possível sambar ouvindo Backstreet Boys”, promete.

“Tentamos manter características originais nas nossas versões. Além do ritmo, fazemos mashups para tocar pelo menos trechos de todos os maiores sucessos”, comenta o integrante. Ele prevê que o Backstreet Bloco terá vida-longa. “Queremos manter o grupo além do carnaval, com alguns ajustes. Temos repertório extenso, que chega a até três horas de música.”

A estreia será neste sábado (23), a partir das 11h, na Praça Comendador Negrão de Lima, no Bairro Floresta. Integrando o pré-carnaval da cidade, o grupo foge da intensa circulação de blocos prevista para o próximo fim de semana. “Este é um ano de aprendizado. Ainda somos um bloco pequeno, sem grandes condições de estrutura. Data e local foram escolhidos para evitar problemas e atender à expectativa do público”, diz Pedro Godoy.



TURU TURU


Stephanie Medeiros/Divulgação
O Turu Turu, cujo nome é referência a uma música romântica de Sandy & Júnior, faz ensaio aberto hoje e ainda não divulgou a data de seu desfile oficial (foto: Stephanie Medeiros/Divulgação)
Também apostando no saudosismo, o Bloco Turu Turu sairá às ruas com um tributo a Sandy & Júnior. Os fundadores Matheus Soriedem e Priscila Monteiro se conheceram no curso de teatro do Palácio das Artes, em 2014. O passatempo preferido dos dois, entre uma aula e outra, era performar canções da famosa dupla, como Maria Chiquinha.

No cortejo do bloco Alô Abacaxi, em 2016, eles foram ao delírio ao ouvir uma música dos irmãos. Foi quando um amigo sugeriu que eles investissem em um bloco temático. “Seguimos projetos individuais a partir daquele ano e só em 2018 pudemos retomar a ideia”, conta Soriedem. Ele e Patrícia assumem os vocais e contam com mais seis músicos.

“Sabemos que os fãs de Sandy & Júnior querem cantar junto aqueles grandes hinos da dupla. Por isso, tivemos a preocupação de não montar uma bateria tão grande, para que não ‘engolisse’ o que estamos cantando”, afirma Soriedem. O repertório inclui tanto letras alegres – como Dig-dig-joy e Tô ligado em você, do início da carreira –, quanto as canções românticas. É o caso de Quando você passa, cujo refrão dá nome ao bloco (uma referência às batidas de um coração acelerado).

O desfile seria neste sábado, mas os integrantes resolveram investir nas datas oficiais do carnaval. A expectativa é atrair grande público. “Sempre que comentávamos sobre o bloco, amigos e conhecidos recebiam a ideia com um sorriso no rosto. Agora, há muita gente de outros estados nos mandando mensagem, querendo informações sobre dia, horário e local”, diz Soriedem. Esses dados, ainda em fase de acertos com a Belotur, só serão divulgados um dia antes do cortejo, via redes sociais.

Dias após a divulgação do bloco, saiu a notícia de que os irmãos retomariam a parceria em uma turnê prevista para o segundo semestre. Para Matheus Soriedem, Sandy & Júnior deixaram uma marca na música pop brasileira, o que justifica a repercussão alcançada pelo bloco logo em seu carnaval de estreia. “A dupla ficou em evidência por 17 anos, fazendo filme, série e novela, e não sumiu da mídia mesmo quando cada um seguiu carreira solo. Pelo menos três gerações têm grande carinho por essas músicas”, opina.



CRIXTAL

Saulo Duarte/Divulgação
Com tributo a Xuxa, o Lua de Crixtal "não é político, mas é politizado", segundo fundadora, e pretende atrair adultos e crianças para o desfile de segunda-feira (foto: Saulo Duarte/Divulgação )
Até Xuxa ganhou um cortejo em sua homenagem: o bloco Lua de Crixtal quer atrair crianças e adultos no Bairro Concórdia, na próxima segunda-feira (25/2). “Buscávamos uma forma de resgate da infância para o universo do carnaval, com conteúdo leve e um ar nostálgico. E Xuxa é a imagem mais representativa para as crianças de várias gerações. Mesmo não trabalhando mais com o público infantil, é reconhecida como a eterna Rainha dos Baixinhos”, comenta a idealizadora do bloco, Luísa Piu Caldas.

Músicas que marcaram a carreira da loira ganham novas roupagens, com batidas de carimbó e samba-reggae. Fugindo da gigantesca concorrência entre os blocos de carnaval, o Lua de Crixtal estreia na segunda-feira anterior à festa. Com um cortejo menor, Luísa afirma que será possível receber toda a família. O desfile contará com acrobacias e performances circenses da Cia Gêmea, além da presença da artista e militante trans Cristal Lopez, madrinha da festa.

“Nosso bloco não é político, mas é politizado”, define Luísa. “Todos os representantes levantam bandeiras contra o assédio e qualquer tipo de preconceito, como homofobia, transfobia, gordofobia e racismo. Essas lutas estão no nosso discurso desde os ensaios. Nosso carnaval é um espaço de inclusão, diversidade e respeito.”

  • BACKSTREET BLOCO

Desfile oficial neste sábado (23/2), a partir das 11h. Praça Comendador Negrão de Lima, Bairro Floresta. Informações: facebook.com/backstreetbloco

BLOCO TURU TURU

Ensaio aberto neste sábado (23/2), às 10h. Galpão Paraíso, Rua Cachoeira Dourada, 44, Santa Efigênia. Entrada a R$ 5. Informações: instagram.com/blocoturuturuoficial

  • LUA DE CRIXTAL
Desfile oficial na segunda-feira (25/2), a partir das 18h. Praça México, Bairro Concórdia. Informações: facebook.com/blocoluadecrixtal.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE CARNAVAL