UAI

Anitta lança clipe de Aceita, que mostra vivência no candomblé; assista

Cantora antecipou lançamento do videoclipe que trata sobre tema religioso para esta terça-feira (14/05) após as imagens do projeto terem gerado polêmica na web

Anitta lança clipe de Aceita, que mostra vivência no candomblé; assista Divulgação/Ricardo Brunini
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 14/05/2024 13:22
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Anitta lançou, nesta terça-feira (14/05), o videoclipe da música Aceita, de seu novo álbum, Funk Generation, que traz homenagem ao candomblé, religião da cantora. Na segunda-feira (13/05), ao divulgar o novo projeto com fotos da sua vivência religiosa, ela perdeu mais de 200 mil seguidores nas redes sociais.

Leia Mais

Filmado totalmente em preto e branco, o clipe narra as vivências de uma entidade espiritual, que sai pelas ruas celebrando seus feitos. Nas imagens, a funkeira aparece usando branco e sem maquiagem, e surge sem roupa em momentos de adoração e recebendo banhos relacionados à religião de matriz africana.

 

Ao anunciar o lançamento do clipe gravado em um terreiro de candomblé em Magé, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, Anitta fez um longo desabafo no Instagram.

 

"Ontem, quando anunciei o lançamento deste clipe, perdi mais de 200 mil seguidores em menos de 2 horas. Eu já falei da minha religião inúmeras vezes, mas parece que deixar um trabalho artístico pra sempre no meu catálogo foi demais para quem não aceita que o outro pense diferente", iniciou ela.

 

"Eu acredito que as religiões são rios que desembocam num mesmo lugar: Deus, a inteligência suprema. Eu não acredito no céu e no inferno, não acredito no diabo... acredito que todos nós temos o poder de manifestar em nós o divino e a diabólico. Quando recebo mensagens de repúdio e intolerância religiosa, não sinto energia divina sendo emanada em minha direção, sinto a energia contrária. Eu tenho fé, não tenho medo", acrescentou.

 

"Meu novo clipe traz imagens de vários tipos de crenças. Tenho uma paixão profunda por diferentes manifestações da fé, diferentes formas de me conectar com o espírito. Em nenhuma delas sinto que quando morrermos seremos punidos e julgados, sinto que vamos pra onde esteja vibrando a mesma frequência que o meu espírito. E aqui, nessa vida, meu compromisso comigo mesma é vibrar na frequência de maior luz que eu conseguir", destacou.

"Por isso eu não desejo punir ou julgar nenhuma das pessoas que me atacam neste momento por expor minha religião. Eu desejo que sigam o caminho da evolução".

Anitta

"Cada um no seu tempo. Se continuarmos exigindo que o outro pense igual a você, se seguirmos com a intolerância, se não aprendermos a abrir mão de uma coisa ou outra em nome da paz, encontrando um meio termo, nosso mundo vai se acabar em guerra, matando uns aos outros pra ter razão no final da discussão. Talvez até se esqueçam como começou a discussão. Simplesmente fica a briga pela briga", afirmou.

 

"Minha religião cultua os elementais da natureza (essa que o ser humano, a cada dia que passa, vai esquecendo da importância). Brigam tanto pra ter razão em cada coisa, mas não conseguem valorizar o óbvio, sua casa, o chão que pisa, que te dá de beber e de comer. Hoje a natureza nos cobra um posicionamento, mas estão todos ocupados demais discutindo quem tem razão, ao invés de adorar nosso bem maior, a casa que Deus nos deu", disse.

 

"Pra você que gosta do meu trabalho, espero que curta esse clipe que foi feito com muito amor, assim como todo meu novo álbum. Estamos aqui vivendo no mundo material e o maior segredo da vida é encontrar o equilíbrio entre o espírito e a matéria", reforçou.

"Minha vida é buscar esse equilíbrio, então se nos outros vídeos a gente só rebolou a raba e falou sacanagem, nesse a gente pode se arrepiar ou até mesmo se emocionar".

Anitta

Confira, abaixo, o videoclipe de Aceita:

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp