UAI

'Morte do meu sonho', diz Gisele Bündchen sobre separação de Tom Brady

Pela primeira vez, modelo falou abertamente sobre o fim do casamento com o jogador de futebol americano

'É como morrer e renascer', diz Gisele Bündchen sobre separação de Tom Brady Reprodução/Instagram
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 23/03/2023 10:09
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Capa da revista americana Vanity Fair, Gisele Bündchen, de 42 anos de idade, quebrou o silêncio e falou, pela primeira vez, sobre o fim de seu casamento de 13 anos com Tom Brady, anunciada em outubro do ano passado. A modelo fez um desabafo e disse que o processo de separação foi como uma morte e um renascimento.

Leia Mais

Na entrevista, divulgada nesta quarta-feira (22/03), ela abriu o coração sobre seus sentimentos após o fim da união. "É difícil porque você imagina que sua vida seria de um jeito, e você fez tudo que você podia, sabe?", disse. "Eu acreditava em contos de fadas quando era criança. Acho lindo acreditar nisso. Quer dizer, sou muito grata por ter acreditado", continuou. 

 

Gisele disse que o divórcio é como a "morte do meu sonho", e explicou: "Você dá tudo que você tem para alcançar seus sonhos. Você dá 100% de si, e é de partir o coração quando não acaba do jeito que você torcia e trabalhou para [acontecer], mas você só pode fazer a sua parte".

 

A publicação lembrou o fato de que a top model, que foi por muito tempo a modelo mais bem paga do mundo, reduziu sua dedicação à carreira a favor de Tom. Em 2015, parou de desfilar na passarela e até mesmo se mudou de Boston para a Flórida, decisões que afirma terem sido suas.

 

Bündchen e Brady tiveram dois filhos, Benjamin, de 13 e Vivian, de 12, além de Jack, fruto do relacionamento do atleta com a ex, Bridget Moynahan, a quem a übermodel sempre abraçou como um filho. "Meu mundo eram eles", declarou. "Amamentei meus filhos por quase dois anos. Eu os levava para a escola todos os dias. Eu estava preparando o café da manhã, o almoço… eu estava lá [por eles]", acrescentou.

 

Gisele Bündchen garantiu que fez de tudo pelo seu relacionamento e explicou que o fim da relação não foi determinado porque Tom Brady desistiu da aposentadoria como muitas manchetes informaram na época. "Eu sempre torci por ele e continuarei torcendo para sempre", insistiu. "Se tem uma pessoa que eu quero que seja a mais feliz do mundo, é ele, acredite. Eu quero que ele alcance e conquiste [tudo], quero que todos os seus sonhos se tornem realidade, do fundo do meu coração", declarou.

"Não estamos jogando um contra o outro. Somos uma equipe e e isso é lindo. Olho para trás e não me arrependo. Eu amei cada pedaço disso".

Gisele Bündchen

Gisele ainda explicou mais razões por trás do término: "Quando eu tinha 26 anos e ele 29, nos conhecemos, queríamos uma família, queríamos coisas juntos. Com o passar do tempo, percebemos que só queríamos coisas diferentes e agora temos uma escolha a fazer".

 

"Isso não significa que você não ame a pessoa. Significa apenas que, para você ser autêntico e realmente viver a vida que deseja, precisa ter alguém que possa te encontrar nesse meio no meio, certo? É uma dança. É um equilíbrio", completou.

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp