Valentina Herszage se destaca como a sensível Bebeth na novela 'Pega pega'

Com apenas 19 anos, a atriz Valentina Herszage faz bonito na telinha e na telona

30/07/2017 14:29
Maurício Fidalgo/Divulgação
Jaffar Bambirra (Márcio) e Valentina Herszage (Bebeth) contracenam em 'Pega pega' (foto: Maurício Fidalgo/Divulgação)
Valentina Herszage estreou na televisão como a problemática Bebeth de Pega pega, novela das 19h da Globo. Na trama, a filha de Eric (Mateus Solano) sofreu um grande trauma depois de presenciar a morte da mãe. Desde então, a menina se tornou solitária, fugiu várias vezes de casa e seu comportamento mudou drasticamente. Ao encontrar a fêmea de canguru Flor, um bichinho de pelúcia, ela passou a tratar a boneca como gente – sua única amiga.

Coube a Márcio (Jaffar Bambirra) alertar Eric sobre a saúde de Bebeth. “Desde a morte da mãe e com o distanciamento do pai, a única companhia dela foi a Flor. Quando Márcio aparece em sua vida, acaba sendo um conforto, quem tenta verdadeiramente compreendê-la. Ele a ajuda a passar por essa fase”, diz Valentina.

Preocupado com Bebeth, Eric procurou a ajuda de um psiquiatra em busca de tratamento adequado. A aproximação entre pai e filha só começou depois da entrada do Carioca Palace em suas vidas. O hotel, que é tão importante para Luiza (Camila Queiroz), o amor de Eric, também ganhou o afeto de Bebeth, que se apegou ao local e a seus funcionários.

“A compra do hotel foi extremamente importante para a relação dos dois. Prestes a perder Luiza e distante de Bebeth, Eric se viu sem as duas mulheres de sua vida, percebendo o quanto o dinheiro tem atrapalhado suas relações. A partir daí, eles vão reconquistando a relação de afeto de pai e filha”, conta a atriz.

FLOR
Na hora de contracenar com a boneca Flor, é fundamental acreditar, de fato, na força que essa personagem imaginária tem, diz Valentina. No entanto, a maior dificuldade está na parte técnica, pois para obter um bom resultado, é necessário gravar cada cena mais de uma vez. Afinal de contas, não é fácil dar vida a uma boneca inanimada.

“É um desafio de paciência e concentração. A relação de Bebeth e Flor foi muito bem trabalhada durante o processo de preparação. Às vezes, repetíamos a cena umas quatro, cinco vezes, com diferentes recursos – com e sem a boneca. A equipe de efeitos especiais tem sido incrível. Eles me dão todo apoio dentro do set”, revela a atriz.

AULAS O sonho de se tornar atriz começou cedo. Aos 6 anos, Valentina iniciou as aulas de teatro. “Fazia uma escola de musicais e tinha aulas de dança, sapateado, canto, teatro e circo. Cresci estudando arte. Não tinha jeito de acabar em outra profissão. Meus pais sempre me apoiaram”, conta ela.

Bananeira/Divulgação
Valentina como Bia, a adolescente do filme 'Mate-me por favor' (foto: Bananeira/Divulgação)

Louca por cinema


Antes de Pega pega, Valentina Herszage foi a protagonista de Mate-me por favor (2015). Dirigido por Anita Rocha da Silveira, o longa-metragem abriu as portas para a atriz, hoje com 19 anos, participar dos testes para a novela.

“Quando fiz o filme, conheci oficialmente a câmera e me apaixonei”, conta ela. Houve uma dificuldade inicial com a mudança da linguagem do cinema para a TV, mas Valentina vem se adaptando. “Cinema tem um ritmo mais lento, gravamos duas ou três cenas por dia. Na televisão, o tempo é outro, mais rápido e mais técnico. O processo do ator continua o mesmo para mim, com os desafios e alegrias da construção de um personagem”, revela.

Mate-me por favor rendeu a Valentina os prêmios Bisato D’oro, oferecido pela crítica independente italiana no 72º Festival Internacional de Cinema de Veneza, em 2015, e de melhor atriz no Festival do Rio, naquele mesmo ano. Ela faz o papel de Bia, garota de 15 anos às voltas com uma série de assassinatos que passam a ocorrer na Barra da Tijuca. (Raquel Rodrigues/Estadão Conteúdo)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV