BBB 17: Marcos é processado por publicar foto de colega de trabalho

O médico recebeu o mandado de citação de um oficial de justiça na casa do BBB 17

por Diário de Pernambuco 13/04/2017 16:26

 Globo/Divulgação
Segundo a advogada, Marcos teria compartilhado fotos de Elaine no Facebook quando eles trabalharam juntos (foto: Globo/Divulgação)
Antes de ser expulso do BBB 17, acusado de agredir a namorada Emilly, o cirurgião Marcos Harter foi notificado pela justiça brasileira. Ele está sendo processado por danos morais por uma ex-colega de trabalho. A ação, requerida por Elaine Cristina Minatti, funcionária de um hospital onde o médico atuou, corre em segredo de justiça. O documento pode ser consultado no site do Tribunal de Justiça de São Paulo.


De acordo com o documento, o processo foi aberto em 2013, na 7ª Vara Cível de São Bernardo do Campo, e pede indenização de R$ 50 mil ao médico. A ação está há quase quatro anos parada. Desde a abertura, a justiça tenta entregar a notificação a Marcos, sem sucesso. Ao aparecer no reality show, a advogada de Elaine, Patrícia Zaparoli, informou o endereço da casa do BBB 17 à justiça. Antes de deixar o confinamento, Marcos recebeu o mandado de citação de um oficial de justiça. Segundo a advogada, Marcos teria compartilhado fotos de Elaine no Facebook quando eles trabalharam juntos. A assessoria de imprensa da Globo não comentou o caso.

O médico foi expulso do programa na última segunda-feira, 10, após a repercussão de uma briga do casal. Os vídeos mostram Marcos colocando o dedo no rosto de Emilly, segurando o braço dela com força e gritando com a namorada. O comportamento foi considerado abusivo. O médico foi intimado a depor na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá.

 

Ao analisar as imagens do programa, a diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher do Rio de Janeiro, a delegada Márcia Noeli Barreto, abriu as investigações para apurar o caso de agressão. Marcos prestou depoimento na quarta-feira, na delegacia e foi liberado. Nesta quinta-feira, vai ao ar a final do Big Brother Brasil 17. Vivian, Ieda e Emilly disputam o prêmio de R$ 1,5 milhão.

Logo após sair da casa, o Marcos publicou no Twitter uma carta aberta pendido desculpas a Emilly e à família dela: "Como todo casal, passamos por momentos de alegria, ansiedade, euforia e tensão. Jamais tive a intenção de machucar física ou emocionalmente uma pessoa pela qual nutri tanto carinho e afeto. O programa tem um formato destinado a levar nosso emocional ao limite, e consequentemente os nervos à flor da pele. Repito: jamais tive a intenção de machucá-la ou agredi-la. Estou surpreso com tudo o que está acontecendo. Peço desculpas a todos os envolvidos, Emilly e sua família, demais participantes e a todo Brasil. Marcos Harter".

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV