Globo responde críticas sobre protagonista negra, nordestina e faxineira de Malhação

Aline Dias é a primeira negra a estrelar o folhetim, no ar há 21 anos

por Diário de Pernambuco 05/08/2016 14:40

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Caiuá Franco/Globo
Nova temporada começa no dia 22 de agosto, após os Jogos Olímpicos. (foto: Caiuá Franco/Globo)
A Rede Globo respondeu, através de nota oficial enviada ao Viver, as críticas feitas ao enredo da próxima temporada de Malhação: Pro dia nascer feliz. Pela primeira vez em 21 anos, a emissora escalou uma atriz negra, a mineira Aline Dias, para protagonizar o folhetim.

 

A trama foi criticada na internet, porque Joana será uma faxineira nordestina. Após uma briga familiar, ela deixa o Ceará, onde mora com o padrasto e a avó, para tentar a vida no Rio de Janeiro. Lá, a jovem de 19 anos procura a Tânia (Deborah Secco), a melhor amiga da mãe dela, e consegue emprego na academia Forma, de Ricardo (Marcos Pasquim).

"Na sinopse de Malhação: Pro dia nascer feliz, nunca houve indicação de que a personagem fosse negra. Foram feitos testes com jovens de diversos tipos físicos e Aline Dias foi a escolhida por ter tido o melhor desempenho", esclarece a emissora. "A história de Joana é uma trama clássica da dramaturgia, vivida por diferentes atores e atrizes ao longo dos anos", defende a nota oficial.

 

Os questionamentos dos internautas apontam que a trama reforça estereótipos. "Faxineira que se apaixona pelo dono da casa, lindo, branco e marrento! Por que esse estereótipo preto e pobre não acaba?", reclamou um deles. "E será faxineira que provavelmente se apaixonará pelo branquinho riquinho. Ela sofrerá preconceito das branquinhas por ser empregada doméstica e vão fazer da vida dela um inferno, no fim ela ficará com o branquinho riquinho e conseguirá vencer na vida! Típico", diz outro.

 

Em entrevista ao jornal O Globo, do mesmo grupo da emissora, o diretor Leonardo Nogueira já havia defendido que Aline Dias não foi escalada por ser negra. "Ela não foi escolhida por isso. E, sim, por ter a ver com a personagem. Não poderia ser uma atriz que passa fragilidade, sabe? A Joana tem uma força muito grande, larga tudo e vai atrás da vida. E, quando a gente olha para a Aline, acredita nessa pessoa", contou ele.

 

A nova temporada de Malhação estreia 22 de agosto, após os Jogos Olímpicos. A novela está fora do ar desde 2 de agosto, quando encerrou a fase anterior, com o melhor índice de audiência desde 2011 - 25,8 pontos de média.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV