Glúten e lactose não são seus inimigos

A preocupação com a aparência e a busca por uma dieta saudável podem ter condenado esses nutrientes injustamente

por Estado de Minas 24/11/2016 13:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
MãesComadres / Reprodução Internet
(foto: MãesComadres / Reprodução Internet)
Com status de inimigos de quem quer alcançar ou manter a boa forma, o glúten e a lactose acabam sendo cortados da dieta de muitos brasileiros sem um julgamento apropriado. Como explica o doutor em nutrição e professor da Universidade de São Paulo Antonio Herbert Lancha Junior, a preocupação com a aparência e a busca por uma dieta saudável podem ter condenado esses nutrientes injustamente. “As pessoas tendem a procurar um culpado pelo aumento de peso, terceirizando a responsabilidade”, destaca.

Dados da pesquisa “O impacto da rotina moderna na busca de uma vida saudável”, realizada pela Centrum com quase 1,2 mil pessoas, comprovam que o assunto ainda é pouco compreendido: 55% dos entrevistados não sabem se têm restrição alimentar, por exemplo, ao glúten ou à lactose. Por desconhecimento do seu próprio organismo, algumas pessoas cortam os nutrientes sem necessidade. Proteína presente em muitos cereais, como trigo, centeio e cevada, o glúten é importante para nutrição. “Retirar alimentos com a substância da dieta altera a microbiota intestinal, diminuindo o número de bactérias benéficas e, por isso, a absorção de vitaminas do complexo B, que desempenham papel importante no metabolismo celular. Os alimentos ricos em glúten ajudam também a controlar glicemia e triglicérides”, explica o especialista.
Quickcachr.fotos.sapo.pt / Reprodução Internet
(foto: Quickcachr.fotos.sapo.pt / Reprodução Internet)

Segundo ele, menos de 1% da população mundial tem doença celíaca, reação alérgica que realmente impede o consumo de alimentos com a substância. Devido à sua gravidade, essa situação requer acompanhamento médico. Por isso, esses ingredientes não devem ser cortados da dieta sem uma prévia consulta ao profissional. Já ao cortar o leite e seus derivados da alimentação, restringimos o consumo de fontes importantes de cálcio, mineral responsável, junto com a vitamina D, por manter ossos e dentes saudáveis. A lactase, enzima essencial para a digestão do leite, sofre variação em sua produção de acordo com a demanda. “Nos adultos que deixam de consumir leite e laticínios, a produção dessa enzima pode diminuir e causar dificuldade para digerir o leite ou até mesmo intolerância à lactose”, esclarece o professor da USP.

Por isso, Lancha Junior sugere moderação. Antes de tirar qualquer item de sua rotina alimentar, procure um bom profissional de nutrição ou um nutrólogo para ele ajudar a elaborar o que é melhor para você, dentro da sua dinâmica diária.

Erika Akl/Divulgação
(foto: Erika Akl/Divulgação)

Verão e sua pele
Para entrar no verão com uma pele bonita e saudável, é importante que a hidratação continue fazendo parte da rotina e que a atenção com a proteção solar seja redobrada. Para evitar possíveis danos, é ideal que a preparação da pele comece antes da exposição intensa aos raios solares. Comece então pela esfoliação, que ajuda a remover células mortas e impurezas, estimulando a renovação da pele. Após essa etapa, a pele está pronta para receber e absorver melhor todos os componentes de um hidratante. “Hidratar a pele não só aumenta a proteção natural, mas também auxilia a descamação controlada (processo pelo qual a pele descarta as células mortas), deixando-a mais lisa, macia e viçosa”, explica Orietta Balbotin, gerente de marketing de Eucerin Brasil. Para uma hidratação ideal, é importante selecionar o produto de acordo com seu tipo de pele. O dermatologista é o médico adequado para ajudá-lo a escolher os produtos e como usá-los.

Arquivo Pessoal
(foto: Arquivo Pessoal)
Minúcias do couro cabeludo
A terapeuta capilar Renata Fraga criou um tratamento que propõe um diagnóstico do couro cabeludo por meio de uma câmera de alta precisão, uma espécie de lupa que multiplica a imagem em até 250 vezes. Depois disso, ela identifica as necessidades de nutrição e reparo do bulbo capilar e inicia o tratamento, que, através de acompanhamento semanal, conta com aplicação de pente de alta frequência com ação bactericida, fungicida e cicatrizante, processos de peeling repetidos frequentemente e minuciosa higienização dos fios que recebem ainda óleos essenciais em sessões de massagem. O processo é finalizado com laserterapia para incentivar a estrutura do folículo piloso. Outros tratamentos farão parte dos serviços do espaço Renata Fraga Hair, que funcionará, a partir do dia 30 deste mês, na Rua General Dionísio Cerqueira, 466, no Bairro Gutierrez, Região Oeste de Belo Horizonte. A terapeuta capilar lançou um desafio pessoal: em outubro, raspou seus cabelos e vai ficar um ano sem qualquer química nas madeixas. Corajosa!

EMPATIA
No próximo sábado (26/11), a pedagoga Klênia de Carvalho, que tem certificação internacional do programa de enriquecimento instrumental (PEI), uma técnica de intervenção cognitiva focada no desenvolvimento do potencial de aprendizagem, pelo Feuerstein Institute, ministra o workshop “Empatia”. O objetivo é propiciar ao aluno a vivência e o exercício de técnicas que mudarão sua forma de perceber e de se relacionar com o outro. O evento será no Hotel Promenade Ianelli, das 8h30 às 18h. Mais informações e inscrições no site www.educacaoemocional.com ou pelo telefone (31) 98668-6123.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA